Campeonato Brasileiro
[23/10 e 24/10] .::. Atlético-PR x Fluminense / Botafogo x Vitória / Vasco x Flamengo .::.

domingo, 31 de janeiro de 2010

ALGUÉM ANOTOU A PLACA?

Conca comemora gol de pênalti marcado no clássico
Foto: Photocamera


Caros amigos tricolores,

Ao final do primeiro tempo deste eletrizante Fla-Flu, fiquei pensando e pensando sobre o post que escreveria aqui depois da partida. Pensei no título, nas palavras, como falar a respeito do clássico, que se desenhava com o fim do jejum de praticamente dois anos sem vitórias do Fluminense sobre o Flamengo.

Iria falar que Fred não teria feito falta, que o Alan se destacou, que a defesa mesmo vazada saiu vencedora, coisas desse tipo. Então surge ela: minha namorada. Flamenguista, estava dormindo por causa de uma dor de cabeça insuportável. Parecia saber que o primeiro tempo do jogo seria mesmo de doer a cabeça dos flamenguistas.

Ao acordar, com o jogo no intervalo, informei a ela que estava 3 a 1 Fluminense, com gols de Alan, Conca e Cássio, com Adriano marcando para o Fla. Eis que ela, com uma fala mansa, de quem havia acabado de acordar, pronuncia as seguintes palavras: "o Flamengo vai virar no segundo tempo". Tricolores, tenho que admitir que essas palavras ficaram ecoando em minha cabeça até o início da etapa final.

Não sou de sentir essas coisas que fazem parte mais do cenário botafoguense (supertições, coisas que só acontecem com a gente etc), porém senti que algo estava estranho. E estava mesmo: em menos de dez minutos, o Flamengo empatou com gols de Vagner Love e Kleberson. Detalhes: no gol de Love, a zaga do Flu deixou Adriano tentar um domínio entre dois jogadores; no de Kleberson, Leandro Euzébio se abaixou para cortar o cruzamento e deu um belo passe para o rubro-negro.

Nesse dois gols, as jogadas saíram nas costas do Júlio César, que depois da entrada do Willians, sofreu com as jogadas pelo setor. Cuca resolveu mexer e tirou o lateral-esquerdo e colocou Marquinho. Foi mesmo uma troca de seis por meia dúzia: as jogadas continuaram saindo por aquele canto e mesmo com a expulsão de Álvaro, o Fluminense não conseguiu jogar.

Se o empate já era amargo, Adriano resolveu deixar pior: dois gols em jogadas de contra-ataque, matando o jogo e fechando o placar: 5 a 3 para o Flamengo. Lógico que chegar aqui e falar mal de todos do Fluminense seria muita mais fácil. Entretanto, não quero ver por este lado. O Tricolor fez um primeiro tempo sensacional, mas no segundo tempo, não jogou, talvez "sentado" na vantagem de dois gols alcançada no primeiro tempo.

Nos primeiros 45 minutos, o Fluminense jogou de forma sensacional e atropelou o Flamengo como um caminhão: fez 3 a 1. No segundo tempo, o Flamengo, não com um caminhão, mas com uma carreta, passou por cima do Fluminense e fez 4 a 0. Esse é o futebol.

E como eu disse no último post: estatísticas são estatísticas e fim de papo!!!

sábado, 30 de janeiro de 2010

LOUCURA E VELOCIDADE PARA VENCER

Loco Abreu comemora seu primeiro com a camisa do Botafogo
Foto: Agência O Globo

Seguidores da Estrela Solitária,

Depois de longos dez anos, Joel Santana voltou ao comando do Botafogo. A estreia poderia ser muito melhor do que foi, mas o importante foi que o time conseguiu garantir os três pontos nesta rodada e está praticamente espantando o fantasma que assolou o time após a derrota para o Vasco. Como sempre, a equipe entrou em campo sob protesto contra os mesmos jogadores de sempre, aqueles que a torcida vem cobrando a saída há muito tempo, mas a diretoria faz questão de não ver. Apesar de ter saído atrás, o Bota venceu de virada com gols de Abreu e Caio.

O jogo começou e viu-se exatamente o que já havia acontecido contra o Tigres, o Botafogo estava acuado e quem chegava com perigo era o América. Em duas oportunidades, o time alvirubro quase marcou. O Bota não conseguia demonstrar reação e não chegava a levar perigo ao gol adversário. Depois da parada técnica, Gérson cruzou da esquerda, Adriano ganhou no alto e fez o primeiro do América. 1 a 0.

Então o Botafogo começou a ficar desesperado no jogo e não conseguia encaixar o contra-ataque perfeito diante do recuado time do América. Mas após lançamento de bola para Herrera, Marcelo Cordeiro chegou cruzando da esquerda e Sebastián "El Loco" Abreu cabeceou sem chances para o goleiro empatando tudo. 1 a 1. O resultado então passou a ser muito melhor para o Botafogo do que para o América, que tinha mais volume de jogo. Ao final da primeira etapa, Daniel Morais quase marcou mais um.

Na volta do intervalo, Joel Santana resolveu mexer na equipe, sacou Wellington, que havia pisado em falso ainda no primeiro tepo, e colocou Diguinho. Assim, o esquema que era 3-5-2, passou a ser 4-4-2. Então, os laterais do Botafogo não tinham mais tanta liberdade para atacar como tiveram no primeiro tempo. A principal jogada de Loco Abreu, a cabeçada, ficou de fora do segundo tempo.

O técnico Bebeto soube armar taticamente seu time em campo e o América seguiu pressionando o Botafogo e tinha as melhores chances para marcar, mas não tinham tanta precisão na finalização. O técnico Joel Santana sentiu que faltava volume de jogo no ataque e colocou Caio na vaga de Renato Cajá. O Bota ficou jogando no 4-3-3, mas as oportunidades não surgiam. Na parada técnica, Joel deu uma bronca em todo o elenco, que veio andando até a beira do gramado com um placar tão desfavorável. A torcida gostou e gritou o nome do treinador.

Apesar da bronca, o Fogão não tinha facilidade para chegar ao ataque e os dois times já pareciam estar aceitando o empate. E num lance bobo, Gérson perdeu a bola para Caio que avançou ao ataque com velocidade e só parou quando a bola estava no fundo do barbante, era o gol da virada e o da vitória do time alvinegro. Caio, que ganhou o apelido de "Guiñazu", por ficar parecido com o argentino após raspar a cabeça, mostrou a mesma raça do atleta do Internacional. Na próxima partida, o Bota encara o Madureira na rodada dupla do Maracanã.

Craque do time: Caio Canedo
Perna-de-pau: Herrera

BOTAFOGO 2X1 AMÉRICA

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 30/1/2010 - 17h (de Brasília)
Árbitro: Luis Aantonio Silva dos Sansots (RJ)
Auxiliares: Daniel do Espirito Santo Parro (RJ) e Rodrigo Figueiredo Henrique (RJ)
Renda/Público: R$ 73.915,00 / 3.901 pagantes / 5.816 presentes
Cartões Amarelos: Marcelo Cordeiro (25', 1ºT), Lúcio Flavio (6', 2ºT), Ciro (24', 2ºT), Caio (25', 2º T), Jones Carioca (38',2ºT)
GOLS: Adriano (AME - 23', 1ºT), Sebastián Abreu (BOT - 35', 1ºT), Caio (BOT - 42', 2ºT)

BOTAFOGO: Renan; Alessandro, Antônio Carlos, Wellington (Diguinho, intervalo), Fabio Ferreira e Marcelo Cordeiro; Eduardo, Renato Cajá (Caio - 14', 2ºT) e Lucio Flavio; Herrera (Somália - 43', 2ºT) e Sebastián Abreu. Técnico: Joel Santana.

AMÉRICA: Roberto; Claudemir, Ciro, Evandro e Gerson; Mael, Júnior, Osmar (Allan - 32', 2ºT) e Jones Carioca; Adriano e Daniel Morais. Técnico: Bebeto.

CLÁSSICO DE INVICTOS!


Flamengo e Fluminense se enfrentam amanhã no Maracanã pela quinta rodada da Taça Guanabara. As duas equipes estão invictas até aqui no campeonato Carioca. O Tricolor começou melhor o Estadual e é tido como o favorito para o confronto. O Rubro-Negro apesar de não ter perdido nenhuma partida vem tendo o sistema defensivo muito criticado por sofrer seis gols de times de menor investimento.

Por isso, o técnico Andrade concentrou seus esforços para corrigir os erros de posicionamento do setor. O treinador não poderá contar com o lateral-direito Léo Moura que foi expulso no jogo contra o Americano. Com isso, Fierro deverá ser improvisado na função. Em compensação, o zagueiro Alvaro foi julgado e condenado pelo TJD a um jogo já cumprido e está a disposição do comandante do Flamengo.

Andrade explicou o motivo da escolha pelo chileno na lateral-direita: "O Fierro cumpre melhor a função tática proposta, apesar de o Everton ser um grande jogador. Pela característica do jogo, utilizarei o Fierro."

O Império do Amor está confirmado no ataque. Adriano que foi o autor dos gols da vitória por 2 a 0 no último confronto entre as equipes pelo Brasileiro do ano passado, por sinal última derrota do Tricolor, pode chegar a marca de 200 gols na carreira como profissional. E o que depender do atacante a marca está próxima de ser alcançada até porque do outro lado estará Cuca, desafeto do Imperador.

Andrade também teve uma conversa a parte com o meia Kléberson que estava demonstrando insatisfação com a função desempenhada. O treinador explicou o fato: "O Kleberson estava pegando o lateral e querendo fechar para marcar o meia. Ele achava que tinha de fazer isso, mas eu disse que não. O meia quem vai pegar é o Toró, senão o desgaste é muito grande. É questão de acerto, mas quero manter o time atuando da mesma forma do ano passado. Isso deu certo"

Com isso, o Flamengo entra em campo com: Bruno, Fierro, Álvaro, Ronaldo Angelim e Juan; Toró, Fernando, Kleberson e Petkovic; Vagner Love e Adriano.

Já o técnico Cuca tem um desfalque de última hora. Trata-se do goleiro Rafael. O jogador machucou o punho direito no treinamento de hoje no estádio Luso-Brasileiro e será substituído por Fernando Henrique. A comissão técnica vai levar a "dúvida" até momentos antes da bola rolar, porém o Blog FC Oficial traz com exclusividade a confirmação da ausência do atleta. Ricardo Berna que teve o nome cogitado para assumir a camisa 1 ficará como opção no banco de reservas.

Quem está confirmado é o atacante Fred. O jogador foi o goleiro do rachão que antecedeu o clássico. Recuperado tanto da lesão no pé direito quanto das dores na panturrilha, o artilheiro evitou riscos e se poupou atuando no gol, na mesma equipe de Cuca, Cuquinha e do preparador físico Ronaldo Torres. A atividade recebeu a presença de bom público, cerca de 100 torcedores, e durou pouco mais de uma hora. Leandro Euzébio e Diguinho que cumpriram suspensão estão de volta a equipe.

Ao contrário da individualidade de Adriano, Love e Pet, o comandante tricolor garante que o conjunto da equipe pode fazer a diferença: "É importante ressaltar que o Fluminense se torna forte não apenas pelo fato de contar com 11 titulares, mas porque tem um grupo qualificado. Qualquer atleta é capaz de substituir outro considerado titular e manter o nível."

Com isso, o Fluminense entra em campo com: Fernando Henrique; Mariano, Gum, Leandro Euzébio e Julio César; Diguinho, Everton, Willians e Conca; Fred e Maicon.



Apostem suas fichas no clássico, no Fla-Flu, em um jogo que promete e muito!

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

DOIS REFORÇOS NA ÁREA!

Ramon e Alvim são apresentados oficialmente na Gávea
Foto: Vipcomm


O Flamengo apresentou hoje pela manhã mais dois reforços para a temporada: o meio-campo Ramon que estava no CSKA da Rússia e o lateral-esquerdo Rodrigo Alvim, do Wolfsburg. O meia foi treinado por Zico e foi companheiro de time de Vágner Love.

Ramon está inscrito na Taça Guanabara, porém pediu de 10 a 12 dias para poder estar a disposição do técnico Andrade. Em compensação, Alvim apesar de estar bem fisicamente não foi inscrito a tempo e só poderá fazer a estreia com a camisa do Flamengo na Taça Rio.

Alvim chegou a Gávea demonstrando carinho com o clube e segundo o ex-jogador Mozer, foi uma ótima aquisição e será uma peça fundamental no elenco rubro-negro com chances de se tornar titular em pouco tempo. Juan não vive um bom momento principalmente após a contusão no ano passado e vê o reinado da lateral-esquerda ficar em risco com a chegada do atleta.

Ramon que não conseguiu destaque na Europa espera reencontrar a alegria de jogar futebol novamente no Brasil. Ele começou a carreira no Atlético-MG e teve uma curta passagem pelo Corinthians.

Duas boas contratações que chegam para complementar o elenco. Andrade precisava de um outro lateral já que vinha improvisando constantemente jogadores na posição pelo setor esquerdo. Em 2009, com a contusão de Juan, o meia Everton foi deslocado para a posição. Esse ano, com a suspensão de Juan, Everton Silva e Léo Medeiros desempenharam a função.

Alvim que chega para vestir a camisa 32 já tem na ponta da língua as metas para 2010: "É um grande orgulho e a realização de um sonho poder vestir esse manto sagrado. Vou me esforçar ao máximo para dar muitas alegrias, honrar e ser motivo de orgulho para a maior torcida do mundo, que torce para o maior time do Brasil e do mundo. Nosso objetivo é o tetracampeonato estadual e a Libertadores."

Ele também explicou como é sua forma de jogar: "Sou um lateral de marcação, mas que sabe subir para o apoio. A minha formação foi nas divisões de base do Grêmio, onde predomina a garra e a vontade. No futebol europeu jogava numa linha de quatro zagueiros. Cresci bastante, com mentalidade européia e com a irreverência brasileira".

Já Ramon afirmou ser um orgulho vestir o Manto Sagrado: "Essa oportunidade é única. Vou procurar meus objetivos. Mostrar meu futebol que apresentei no Atlético-MG e na seleção sub-17. Jogar fora do Brasil é diferente. Amadureci muito." Ramon também destacou suas qualidades: "Sou um meia, que faz passes e assistências. No CSKA eu estava jogando mais recuado, mas no Flamengo vou jogar na minha posição e procurar fazer as minhas jogadas em direção ao gol."

Bem-vindo Rodrigo Alvim e Ramon. Sucesso a todos!


VIDEOBLOG - A APRESENTAÇÃO


MARACANÃ FECHADO!

Flamengo pode ficar sem palco principal na final da Libertadores
Foto: Globoesporte.com



Após a secretária estadual de Turismo do Rio de Janeiro, Márcia Lins, ter afirmado que o Maracanã só fechará em setembro, após a final da Taça Libertadores, marcada para agosto, o chefe da Casa Civil, Régis Fitchner, afirmou que a data-limite para o fechamento do estádio será decidida em reunião entre empreiteiras, a Fifa e a CBF. Portanto, caso o Flamengo chegue a final da competição sul-americana, o clube terá que ser obrigado a escolher outro estádio para atuar.

De acordo com o gerente das pastas do Governo do Estado, somente com o projeto final será possível fazer esta previsão. Ele frisou que nenhuma medida será tomada sem o aval da Fifa, respeitando os prazos estipulados.

- A secretária tem esse desejo, mas ainda não podemos dar a garantia de que o estádio será fechado em setembro - assegurou Fichtner.

Fitchner disse que as obras no Maracanã começarão no dia 1º de março, quando se encerra o prazo dado pela Fifa para serviços de sondagem que não dependem do resultado de licitação. Segundo o jornal "O Globo", a previsão é que o vencedor da concorrência seja conhecido em meados de março.

No dia 9, o Governo do Estado e a Prefeitura apresentarão à Fifa, em sua sede na Suíça, o projeto de modernização do Maracanã, além das obras que serão realizadas em seu entorno, como a construção da passarela que ligará o complexo esportivo à região da Quinta da Boa Vista.

Para atender às exigências da Fifa, o ex-maior estádio do mundo perderá mais quase 13 mil assentos para a Copa de 2014. Mesmo com a reforma que fechará o estádio por dois anos e consumirá R$ 745 milhões, a capacidade será reduzida dos atuais 95,4 mil pessoas para 82,5 mil, porque uma parte do anel superior onde atualmente ficam os camarotes, que serão deslocados para outro ponto, não atende à chamada curva de visibilidade. A revelação foi feita pelo subsecretário estadual de Urbanismo, Vicente Loureiro.

- A Fifa exige que, em diagonal, a distância máxima dos assentos até as linhas de escanteio não ultrapasse os 190 metros. Ficaremos com cerca de 12,9 mil lugares fora dessa regra. Não havia como atender a Fifa e manter o estádio como foi contruído - explicou Loureiro, segundo "O Globo".

Fonte: O Globo e Lancenet!

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

APERITIVO!!!

Marquinho comemora mais um gol do Flu
Foto: Lancenet

Caros amigos tricolores,

O Fluminense goleou o Duque de Caxias por 4 a 0, pela quarta rodada da Taça Guanabara e lidera o grupo A, com 12 pontos, ao lado do Flamengo, mas com melhor saldo (11 contra 5). Os gols da vitória foram marcados por Maicon e Júlio César, no primeiro tempo e Marquinho, que fez dois na segunda etapa. Mais uma vez o goleiro Rafael não levou gol (já são 360 minutos) e o Tricolor de Cuca se deu ao luxo de jogar com mais tranquilidade e em ritmo de treino depois que fez o segundo gol.

Mesmo com os desfalques de Leandro Euzébio e Diguinho, o time conseguiu atuar da mesma forma dos jogos anteriores, seguro na defesa e com velocidade no ataque, aproveitando muito bem os avanços dos laterais Mariano e Júlio César. A goleada serve para dar moral para o Fla-Flu do próximo domingo, mas cada jogo tem uma história e a do clássico não precisa falar. O duelo de domingo servirá para decidir o primeiro lugar do grupo, caso haja um vencedor. Se houver empate, o Olaria se vencer também entra com tudo na briga pro uma das vagas, mas mesmo assim ainda acho difícil que não tenhamos os dois grandes nas semifinais.

OBS: O Fluminense não leva gol no Rio desde 19 de novembro de 2009, quando venceu o Cerro Porteño por 2 x 1 na Sul-Americana. Já são 6 partidas.

OBS2: A última derrota no Fluminense no Rio foi justamente para o Flamengo, no dia 4 de outubro, pelo Brasileiro-09. Naquela oportunidade, Adriano marcou duas vezes e o Fla venceu por 2 a 0. Depois disso, acontecram 13 jogos, com 10 vitórias e 3 empates.

OBS3: O Fluminense não vence o Flamengo desde o Carioca-08, quando em um duelo de reservas, Thiago Neves marcou três gols e o Tricolor goleou por 4 a 1. Desde esta partida, foram seis jogos, com três vitórias do Flamengo e 3 empates.

Esses são mais alguns ingrediantes para que o Fla-Flu de domingo seja um grande jogo, e que não será apenas um duelo entre Vagner Love-Adriano x Fred-Conca, e sim de dois dos maiores clubes do futebol brasileiro. Isso tudo é apenas estatística. Domingo isso pode não servir mais para nada.

E quem for ao Maracanã lembre-se: nada de violência!!!


TEM QUE MATAR UM TIGRE POR JOGO

Jogadores comemoram em frente ao protesto da torcida
Foto: Agência Lance

Seguidores da Estrela Solitária,

Primeiramente me desculpo com nossos parceiros, mas, devido a problemas profissionais, tem me sobrado pouco tempo para dedicar-lhes estas linhas neste singelo blog. Enquanto estive fora, o Botafogo atuou duas vezes e obteve 50% de aproveitamento, ou seja, uma vitória ( 2 a 0 no Friburguense ) e uma derrota ( 6 a 0 para o Vasco ). O passeio cruzmaltino culminou com a queda de Estevam Soares, mas Joel Santana assumirá diante do América, como Renan Moura adiantou.

Ontem o Glorioso foi para um local que lhe é pouco agradável, o Estádio de São Januário, o time todo foi mal recebido ficando no pior vestiário do clube, aquele que é utilizado pelos juniores, mas, digamos a verdade, bem que eles mereceram depois daquela atuação vexaminosa, isento de culpa o sempre guerreiro Herrera. Apesar de tudo, o Fogão conseguiu somar os três pontos, embora tenha tido uma atuação bem abaixo dos "Padrões Botafogo de Qualidade".

A partida começou e o Tigres foi para cima como se fosse o time grande da noite, aproveitando-se do estado de espírito manchado do alvinegro. Quem levava perigo era o grandalhão Gilcimar. Jéfferson tratou de parar o atacante do Tigres com boas defesas. Apesar de melhor, o time da baixada não conseguia converter as oportunidades em gol e assim, o Botafogo saiu na frente. Após bom passe de Herrera para Renato cajá, Lúcio Flávio fez firula e bateu, depois de outra tentativa de Cajá, a bola sobrou com Herrera que teve calma e categoria para colocar o Bota em vantagem.

Mesmo estando a frente do placar, o fogão seguia jogando menos que o Tigres, que teve mais duas chances com Gilcimar, na segunda, o atacante chocou-se com Jéfferson que levou a pior e teve que ser substituído por Renan. O goleiro do Botafogo não teve mais dificuldades no primeiro tempo, visto que o jogo já estava além dos 40 quando ele entrou, sendo assim, o Bota foi para o vestiário com uma vantagem pequena, mas importante.

Na volta do intervalo, o Botafogo voltou mais ligado e dominou, com folgas, os primeiros 15 minutos, tanto que marcou o segundo aos seis. Após falta sofrida por Loco Abreu, Lúcio Flávio ergueu na área, Abreu escorou e Antônio Carlos ampliou com uma cabeçada a queima roupa. O Tigres permanecia vivo e por pouco não marcou após cabeçada de Cleyton, que Renan catou no canto direito.

Se inspirando no adversário, o Bota também perdeu seus gols. Herrera recebeu com liberdade dentro da grande área e preferiu o chute para o gol, levando Abreu, que estava livre, a loucura. Pouco depois ocorreu um fato raro, Leandro Guerreiro, o marcador mais cordial do Brasil, foi expulso por entrada dura no adversário. Jair Ventura, técnico interino, sacou "El Loco" Abreu e colocou Somália para tapar o buraco do setor. Fahel também deu uma entrada forte no adversário, mas, para desespero da torcida, ele não foi expulso. Na cobrança da falta, Oziel colocou no cantinho sem chances para Renan e deu números finais ao jogo. Na próxima partida, o alvinegro encara o América, na estreia de Joel Santana.

Craque do time: Herrera
Perna-de-pau: Fahel

TIGRES 1 X 2 BOTAFOGO

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 27/01/10 - 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Eduardo Cordeiro Guimarães (RJ)
Auxiliares: Ediney Guerreiro Mascarenhas (RJ) e Marcou Aurelio dos Santos Pessanha (RJ)
Renda/público: R$ 22.140,00 / 1.975 pagantes
Cartões amarelos: Denis, Gilcimar, Luiz Henrique, Clayton (TIG); Antônio Carlos, Herrera, Fahel (BOT)
Cartões vermelhos: Leandro Guerreiro, 23'/2ºT (BOT)
GOLS: Herrera, 14'/1ºT (0-1); Antônio Carlos, 6'/2ºT (0-2); Oziel, 41'/2ºT (1-2)

TIGRES: Marcos Paulo, Oziel, Gustavo, Zé Carlos e Celico; Leão, Denis (Luiz Henrique, 35'/2ºT), Vander (Clayton, 13'/2ºT)e Leandro Chaves; Danilo Santos (Gilberto, 20'/2ºT) e Gilcimar. Técnico: Carlos Alberto.

BOTAFOGO: Jefferson (Renan, 44'/1ºT), Alessandro, Antônio Carlos, Wellington e Marcelo Cordeiro; Leandro Guerreiro, Fahel, Renato (Fábio Ferreira, 42'/2ºT) e Lucio Flavio; Herrera e Loco Abreu (Somália, 25'/2ºT). Técnico: Jair Ventura.


quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

IMPÉRIO DO AMOR!

Vágner Love lustra a chuteira do Imperador Adriano após o gol
Foto: Vipcomm

Torcedores do Mais Querido do Brasil!

Na estreia da camisa com a logomarca da Batavo, nova patrocidora do Flamengo, o time venceu o Americano por 3 a 2, no Maracanã e manteve os 100% de aproveitamento na Taça Guanabara. Adriano, Fernando e Vágner Love marcaram os gols ordenando o amor no império rubro-negro. A partida marcou ainda o retorno de Juan e Léo Moura as laterais.

O ingresso, entretanto, foi caro para observar o pouco espetáculo que foi apresentado pelas equipes no palco maior do futebol. Petkovic que foi titular pela primeira vez no ano não mostrou a eficiência de sempre e parou na forte marcação alvinegra.

O Flamengo chegou com perigo somente aos 27 minutos. Vágner Love teve chance clara para marcar, porém preferiu o passe para Adriano que estava cercado por dois zagueiros. O Americano assustava nos contra-ataques e acabou tendo um gol anulado logo depois.

O primeiro gol só saiu aos 40 minutos. Adriano foi agarrado dentro da área. O Imperador cobrou com categoria no canto esquerdo do goleiro e abriu o placar. 1 a 0.

O time de Campos não se deixou abater e quase empatou com Itacaré após saída errada do goleiro Bruno. Em clima de treinamento, o Rubro-Negro chegou a mais um gol aos 49 minutos. O volante Fernando anotou o segundo dele com a camisa do Flamengo.

A etapa complementar estava sonolenta até a expulsão de Léo Moura. Com um jogador a mais, o Americano aumentou o volume de jogo e pressionava. Tanto é que aos 33, Fernando cometeu pênalti infantil em Jader. Diego Salles cobrou e fez 2 a 1.

Quem pensava que o Alvinegro complicaria a partida não contava com a tabelinha bonita entre Adriano e Love logo na saída de bola que acabou resultando no gol do Artilheiro do Amor. 3 a 1.

Aos 46 minutos, o atacante Itacaré de tanto insistir conseguiu anotar o seu. Após cruzamento, o atleta completou para o fundo da rede (3 a 2), mas já estava sacramentada a vitória do Mengão. Domingo, o Fla encara o Fluminense, no Maracanã. Uma vitória deixa o Mais Querido do Brasil com a vaga praticamente assegurada para a semifinal da Taça Guanabara.

Andrade terá que concentrar uma atenção especial até o fim de semana ao setor defensivo que sofreu gol em todos os quatro jogos do Estadual até porque do outro lado estará o perigoso atacante Fred e o jovem Maicon, além é claro, do argentino Conca. Será um clássico daqueles!


VIDEOBLOG - FLAMENGO 3X2 AMERICANO

AH, AMÉRICA!

Claudemir comemora o segundo gol com a camisa do América no Estadual
Foto: Photocamera


Após a vitória sobre o Macaé, o América tropeçou diante do Resende, no estádio Giulite Coutinho. O empate por 2 a 2 praticamente eliminou o sonho de chegar a semifinal da Taça Guanabara.

Alexandro, que disputou a Segunda Divisão do Carioca pelo América, abriu o placar para o Resende aos 13 do primeiro tempo. O Alvirrubro reagiu com Claudemir, aos 15, e virou com Daniel Moraes, aos três do segundo tempo. Mas Fabiano empatou o jogo cinco minutos depois. O atacante Allan ainda teve a chance de marcar o gol da vitória, mas quis encobrir o goleiro e errou.

Sendo bem franco, Bebeto não poderia ser o treinador do América. É uma grande responsabilidade comandar um time de tradição ainda mais com a obrigação de fazer uma boa campanha após o retorno a elite do futebol carioca. O tetracampeão ainda não tem gabarito suficiente para suportar a pressão. O Resende, por sua vez, é o penúltimo colocado da chave, com três pontos, um ponto a menos que a equipe da Rua Campos Salles.


QUE SURPRESA!

O Olaria vem incomodando a dupla Fla-Flu. Sem perder até agora no Campeonato Carioca, o Alvianil venceu o Bangu por 2 a 0 e chegou aos dez pontos conquistados, um a mais que Flamengo e Fluminense, que têm uma partida a menos. Renato e Cacá fizeram os gols em cobrança de pênalti. Vale ressaltar que o atacante Aleílson, emprestado pelo Flamengo é o artilheiro no Estadual defendendo o time da Bariri. O Bangu, que não conquistou ponto algum, é o lanterna da chave.

MADUEIRA TAMBÉM SURPREENDE!

O Madureira também vem desempenhando uma boa campanha no Estadual. O Tricolor Suburbano venceu o Friburguense por 2 a 1, no estádio Aniceto Moscoso. Bruno e o veterano Marcelo Ramos marcaram para o Madureira. Alex descontou para o Friburguense. Com o resultado, o Madureira soma nove pontos e está a frente do Botafogo que tem seis e enfrenta o Tigres logo mais, ás 21h50.

O Vasco também tem nove, mas leva vantagem sobre o Madureira no saldo de gols e volta a campo nesta quinta, às 19h30, contra o Macaé.


VIDEOBLOG - AMÉRICA 2X2 RESENDE

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

JOEL É DO FOGÃO!

Joel Santana acerta com o Botafogo
Foto: Globoesporte.com / Montagem: Renan Moura (FC Oficial)


O técnico Estevam Soares não suportou a goleada histórica para o Vasco, domingo, no Engenhão por 6 a 0. Mesmo com o respaldo do vice-de-futebol André Silva após o clássico a história mudou na segunda-feira. A noite, o clube emitiu nota no site oficial garantindo a demissão do treinador que ficou surpreso com a atitude. Logo depois, a diretoria já correu atrás de um outro nome para assumir o Alvinegro. Alexandre Gallo e Celso Roth eram nomes comentados, mas...

Joel Santana recusou uma proposta de 200 mil reais para comandar o Goiás que demitiu o técnico Hélio dos Anjos no fim de semana e em reunião com o presidente Maurício Assunção na casa do empresário Léo Rabello na Zona Oeste do Rio, Botafogo e o Natalino chegaram a um acordo.

Joel Santana deve comandar o primeiro treinamento da equipe hoje a tarde em General Severiano e concede entrevista a imprensa. Amanhã, o treinador já estará a beira do campo na partida diante do Tigres, em São Januário, pela sequência da Taça Guanabara.

Apesar da forte identificação com o Flamengo após a conquista do Carioca e a recuperação surpreendente no Brasileiro que levou o Rubro-Negro a Libertadores, Joel estará pela terceira vez no Botafogo. Em 1997, ele comandou a equipe que conquistou o Estadual. Na segunda oportunidade, em 2000, não teve muito sucesso.


segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

HUMILHANTE!

Elenco sauda a torcida após a goleada no clássico

Por Diego Louzada

Não poderia existir dia melhor para meu retorno às postagens. Seria no sábado à noite ou no domingo de manhã, com as impressões iniciais sobre os dois primeiros jogos. Porém, a patroa me segurou em casa com minha pequena Marina, que hoje completa 10 dias de vida. Tive então a sorte de vir escrever logo hoje, um dia após uma goleada que jamais esquecerei. 6x0 sobre o Botafogo em pleno Engenhão, com show de Dodô.

As únicas saídas desse período de paternidade tem sido obviamente para os jogos do Vascão. E ontem valeu a pena. Como valeu. Dodô, Souza, Philippe Coutinho e companhia tiveram a melhor atuação do Vasco nos últimos anos, com uma goleada construída com grande futebol.

E o time jogou muito desde o primeiro minuto, partindo com tudo para cima do adversário. Logo aos três minutos, Souza roubou bola, entregou para Dodô que fuzilou de fora da área no cantinho de Jefferson. O primeiro golaço do ‘Artilheiro dos Gols Bonitos’ pelo time da Colina.

Só dava Vasco, e o bom goleiro Jefferson se virava como podia. Aos 14 minutos porém, Eduardo deu uma porrada desqualificante no nosso Souza (inveja) e foi pro chuveiro mais cedo. O Vasco trocava passes e o Botafogo batia. Inclusive o único jogador que honrou a camisa alvinegra ontem, Herrera deu uma bordoada e a torcida vascaína gritou timinho para os alvinegros.

E em três minutos o Vasco liquidou a fatura. Aos 32, Carlos Alberto cruzou, a zaga dormiu e Dodô não perdoou. 2x0. Dois minutos depois, contra-ataque, Souza rolou para Dodô que só encobriu Jefferson e saiu para comemorar. Vascão 3x0 e torcida gritando “é o poder, Dodô é o poder, artilheiro da Colina, faz mais um pra gente ver”.

Pouco depois, Carlos Alberto sentiu lesão e saiu para entrada de Magnaldinho Gaúcho. Aos 3 do segundo tempo, Fágner, o melhor jogador do Vasco nos dois primeiros jogos, também sentiu lesão e saiu para estréia de Thiago Martinelli, que foi bem ao ser improvisado na lateral.

O Vasco trocava passes e dominava o jogo como queria. Lindo de se ver eram as tabelas, dribles e lançamentos, que fazem o futebol ser gostoso e nem sempre temos a chance de assistir. Coube a um volante fazer o quarto gol. Em cobrança de falta, Léo Gago soltou uma bomba e Jefferson falhou. Também se ele mete a mão, corria o risco e ficar aleijado, tamanha a força da bomba do camisa 27.

Minutos depois, o despertar da jóia. Philippe Coutinho recebeu passe de Dodô e tocou na saída do goleiro. Primeiro gol do nosso jovem craque como profissional. O Vasco seguia trocando passes e fazendo belas jogadas. O Botafogo já tinha desistido do jogo e o Vasco procurava jogar bonito. A torcida começou a pedir a repetição dos 7x0 de 2001.

Aos 34, Rafael Coelho deu belo passe para Coutinho ter a melhor noite de sua vida, marcando seu segundo gol na goleada. Faltou um pra repetir os 7 de 2001, mas numa noite como essa, não dá pra reclamar de nada.

Evidentemente um 6x0 em um clássico não é feito apenas de méritos do vencedor, mas também de deméritos do perdedor. Fahel, Eduardo, Alessandro e Lúcio Flávio são os adversários dos sonhos de qualquer um, com todo respeito que sempre tive ao Botafogo.

Porém, não há como negar que o Vasco jogou muito bem. Em alguns momentos inclusive, foi excepcional. Meu sogro, flamenguista doente, disse que era pra ter sido pelo menos uns 10, tamanha a diferença dos dois times em campo.

Ontem vimos um time ofensivo, como Mancini gosta. Se vai ganhar alguma coisa, se vai manter o grupo na mão e alcançar os objetivos, só o futuro dirá. Mas ontem tivemos uma aula de tática e de armação de um time de futebol.

Sobre o que iria escrever sobre os dois primeiros jogos, adio por alguns dias, até a partida contra o Macaé, onde dará para observar melhor sem a empolgação de seis gols. Ou será que minha quinta será tão linda como meu domingo?

SÓ LOV2!

Love disputa jogada no meio-campo
Foto: Vipcomm

Torcedores do Mais Querido do Brasil!

O Flamengo continua com 100% de aproveitamento no Campeonato Carioca após a vitória diante do Bangu, sábado, no Engenhão. A torcida rubro-negra já pôde sentir o gostinho de como será a dupla de ataque formada por Adriano e Vagner Love. O Imperador passou em branco, mas o artilheiro do amor logo na estréia deixou o dele duas vezes com o Manto Sagrado. A vitória por 2 a 1 manteve o Flamengo na liderança do Grupo A com nove pontos e na próxima quarta-feira encara o Americano, no Maracanã, às 19:30.

Andrade contou com o retorno do lateral Léo Moura e já poderá ter a disposição para a próxima rodada o volante Willians e Juan, sem contar Petkovic que deve ser titular. Além de infernizar a zaga do Bangu Adriano e Love demonstraram disposição na marcação.

O primeiro tempo do Flamengo foi muito bom com chances de aplicar uma goleada. Aos 12 minutos, Vinicius Pacheco que vem se destacando foi empurrado dentro da área, mas o árbitro mandou o lance seguir. Não demoraria para o Fla abrir o placar. Aos 18 minutos, Fernando arriscou o chute de fora da área, o goleiro Marcos Leandro, ex-Botafogo, espalmou e Love, no local certo e na hora exata completou para o fundo da rede. 1 a 0. O estádio parecia pequeno para tanta comemoração em marcar o primeiro gol com a camisa do clube de coração. Love parecia uma criança.

Adriano teve a chance de marcar em duas ocasiões. Seriam gols de placa, mas a bola caprichou em acertar o travessão nas duas oportunidades. Se a tarde não era do Imperador, Love tratou de fazer o trabalho de centroavante. Aos 45 minutos, Adriano deu assistência de cabeça para o companheiro que driblou o goleiro com muita categoria e colocou no fundo do gol. 2 a 0.

No segundo tempo, o Flamengo diminuiu o ritmo e passou sufoco. Tiano descontou de pênalti para o Bangu após falta inexistente de Vinicius Pacheco. 2 a 1.

Aos 22 minutos, Petkovic entrou no time e começou a demonstrar porque o Flamengo é um dos favoritos para a conquista do Carioca e forte candidato na Taça Libertadores. Com o toque refinado do gringo, mesmo atuando mal, o Rubro-Negro teve chances de ampliar. Aos 49 minutos, Love ainda desperdiçou mais uma chance após boa jogada individual.

Alguns colocam o Fluminense como o grande favorito a conquista do título estadual, mas o time do técnico Cuca também passou um sufoco para derrotar o Volta Redonda, clube que o Flamengo venceu por 3 a 1 com facilidade. O Vasco desponta com a goleada sobre o Botafogo. Medindo as forças elas se equivalem e como costumam afirmar vai ser campeão quem cometer menos erros.

NA CONTA!

Leandro Euzébio marca o único gol tricolor
Foto: Photocamera


Caros amigos tricolores,

Depois de superar o Bangu, na quarta-feira, por 3 a 0, com direito a dois gols de pênalti do artilheiro Fred e um do também artilheiro Alan, em uma partida disputada debaixo de um calor insuportável até mesmo para quem estava assistindo ao jogo no conforto de um sofá, ar-condicionado e uma bebida gelada, o Fluminense venceu o Volta Redonda pelo placar mínimo no Maracanã, com um belo gol marcado pelo zagueiro Leandro Euzébio logo no início.

Quero dizer que esperava até mais do Tricolor, pelas duas partidas anteriores no Campeonato Carioca. O desfalque do Fred ajudou um pouco na atuação abaixo, mas o Alan jogou muito bem, assim o argentino Conca, mas esse dificilmente joga mal. É impressionante como mantém uma regularidade, acho que o Conca e o Jorge Henrique, do Corinthians, são os jogadores mais regulares do futebol brasileiro. Voltando a falar da partida contra o Voltaço, o importante foi o resultado, que manteve o Flu na primeira colocação do Grupo A da Taça Guanabara, com 9 pontos, ao lado do Flamengo.


Pelo visto, a não ser que aconteça alguma tragédia, a dupla Fla-Flu deverá se classificar para as semifinais, com o clássico de domingo que vem definindo, no caso de um vencedor, a colocação de ambos. No outro grupo, depois do massacre imposto pelo Vasco ao Botafogo, o time da Estrela Solitária pode até correr um certo risco, mas também acredito na classificação dos dois times.


Portanto, deveremos ter nas semifinais os quatro grandes, algo que não aconteceu no ano passado.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

EM BRANCO E VERMELHO!

Bebeto ainda não sabe o que é uma vitória como profissional
Foto: Lancenet!


No Clássico da Paz, o América foi derrotado pelo Vasco por 2 a 1, ontem a noite, no Engenhão. O gramado do estádio castigado pela forte chuva atrapalhou o espetáculo que contou com a presença reduzida dos torcedores, porém seja debaixo de forte calor ou debaixo de uma tempestade, Tia Ruth sempre estará lá.

Mas, a torcedora símbolo do clube não está gostando do que está vendo neste início de Campeonato Carioca. Foi a segunda derrota do Mequinha no Estadual. O técnico Bebeto mal começou a carreira de treinador e já começa a ter o trabalho questionado pela torcida. O América está em branco na competição e já liga o sinal vermelho.

O Alvirrubro até começou bem e conseguiu segurar o empate no primeiro tempo diante de um Vasco que contava com um trio de ataque poderoso: Carlos Alberto, Phillipe Coutinho e Dodô. O time da Rua Campos Salles tinha a estreia do meio-campo Jones Carioca, conhecido como Buiú, ex-Bonsucesso, que se destacava como homem de criação da equipe. Na melhor chance do Alvirrubro na primeira etapa, o atacante Adriano perdeu uma oportunidade incrível, mas o jogador passou da linha da bola após o cruzamento da direita. O Vasco chegava com perigo com o jovem Phillipe Coutinho que teve três chances de marcar, mas desperiçou. Em duas delas, as poças no campo atrapalharam o atleta.

Porém logo no começo do segundo tempo com cinco minutos o América sofreu a primeira pancada. O volante Nilton em um chute da intermediária e contando com a ajuda do goleiro Roberto que pulou atrasado abriu o placar. 1 a 0.

Com a desvantagem no placar, o América saiu em busca do empate. Bebeto colocou a campo Allan e Rafael Paty, mas o desgaste e a ineficiência ao chegar a área adversária impossibilitavam uma reação.

Em um contra-ataque fulminante aos 36, Carlos Alberto e Dodô resolveram. Após chute forte do artilheiro dos gols bonitos, o goleiro Roberto espalmou para frente e Carlos Alberto livre de marcação colocou no fundo da rede para ampliar. 2 a 0.

Desorganizado em campo, o América ainda contou com a sorte para diminuir nos acréscimos. Jones Carioca cruzou da direita em busca de Paty, mas Fágner se enrolou com o zagueiro Fernando e colocou no fundo do gol. 2 a 1. Entretanto, não havia mais tempo para nada. Essa foi a segunda derrota do técnico Bebeto em dois jogos e a situação do Diabo ficou complicada na Taça Guanabara, já que é o lanterna do grupo B sem nenhum ponto conquistado.

Na próxima rodada, o Vasco encara o Botafogo, no domingo, no Engenhão, enquanto o time de Romário pega o Macaé, fora de casa, sábado.



FICHA TÉCNICA:
AMÉRICA 1 X 2 VASCO

Local: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 20/01/10 - 21h50
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Renda/público: R$ 63.248,500 / 4.244 pagantes
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises e Vinicius da Vitória Nascimento (RJ)
Cartões amarelos: Evandro e Gerson (AME); Fagner, Dodô, Carlos Alberto e Nilton (VAS)

AMÉRICA: Roberto; Claudemir, Ciro, Evandro e Gerson; Osmar (Allan, 33'/2ºT), Júnior, Mael e Jones Carioca; Adriano e Dani Morais (Paty, 38'/2ºT) - Técnico: Bebeto.

VASCO: Fernando Prass, Fagner, Fernando, Gian e Márcio Careca; Jumar (Souza, intervalo), Nilton, Léo Gago (Paulinho, 29'/2ºT) e Philippe Coutinho (Fumagalli, 25'/2ºT); Carlos Alberto e Dodô - Técnico: Vágner Mancini.


VIDEOBLOG - AMÉRICA 1X2 VASCO

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

REI DO AÇO!

Bruno Mezenga marca dois gols e é o destaque no jogo diante do Volta Redonda
Foto: Vipcomm


Torcedores do Mais Querido do Brasil!

Ele demorou a marcar um gol com a camisa do Flamengo, mas quando fez... Bruno Mezenga, que tem o sobrenome (apelido) inspirado na novela "Rei do Gado" produzida pela Rede Globo e exibida de 17 de junho de 1996 a 15 de fevereiro de 1997 marcou dois gols no jogo desta noite diante do Volta Redonda, no estádio da Cidadania, pela segunda rodada da Taça Guanabara e ajudou o Rubro-Negro a manter os 100% de aproveitamento no Estadual e conquistar mais três pontos. Não seria ele então o "Rei do Aço"?

O atacante que substitui Vagner Love até a estréia do “Artilheiro do Amor” mostrou a torcida e ao técnico Andrade que pode ser útil neste importante ano para o clube. Quem diria, Bruno Mezenga... O atacante marcou pela primeira vez um gol como profissional com o Manto Sagrado. Petkovic entrou no segundo tempo e fechou o placar. 3 a 1.

Diferentemente do último jogo, Erick Flores começou no banco de reservas e Mezenga e Obina formaram a dupla de ataque. O entrosamento da equipe ainda está longe do ideal, mas a evolução do Flamengo era visível. Entretanto, o nervosismo no começo do jogo atrapalhou a time da Gávea. Na mesma jogada após falta, Obina e Kléberson receberam o cartão amarelo e até o técnico Andrade foi expulso de campo por reclamação no lance.

O Flamengo pressionava e tinha a maior posse de bola, mas esbarrava na retranca do Volta Redonda. Porém aos 35 minutos, após cruzamento de Kléberson para a área, Bruno Mezenga se antecipou a zaga adversária e de cabeça colocou no fundo do gol. 1 a 0.

Aos 42 tinha mais um do “Rei do Aço”. Vinicius Pacheco tocou da linha de fundo para Mezenga, que livre de marcação escolheu o canto e ampliou a vantagem. 2 a 0.

Na volta do intervalo, o técnico Paulo César Catanoce, sacou o meia Márcio Guerreiro, ex-jogador do Flamengo, para a entrada de Guilherme. A substituição deu maior mobilidade ao time da casa que partiu em busca do primeiro gol na partida.

Aos 11 minutos, Tássio descontou após chute torto do lateral China. A bola ainda desviou no zagueiro Deivid antes de encontrar o atleta do Volta Redonda. O gol animou o Volta Redonda que pressionou em busca do empate. Porém, havia um diferencial. Uma carta na manga do técnico Andrade. E esse curinga chama-se Petkovic. O gringo voltou aos gramados em grande estilo. Aos 23 minutos o sérvio entrou e cinco minutos depois já deixara sua marca.

Petkovic com a genialidade habitual driblou dois zagueiros e colocou no canto do goleiro Everton para ampliar. 3 a 1. O gol esfriou o Voltaço que perdeu a cabeça. Hebert e Washington foram expulsos. Sem tempo para mais nada, o Voltaço se fechou e o Flamengo cozinhou o jogo esperando o apito final.


VOLTA REDONDA 1 x 3 FLAMENGO

Volta Redonda: Everton, China (Andrezinho), Léo Gonçalves, Herbert e Alcir; Paulinho, Mário César, Márcio Guerreiro (Guilherme), Guido (Washington) e Marcio Loyola; Tássio. Técnico: Paulo Cezar Catanoce

Flamengo: Bruno; Fierro, David, Angelim e Everton Silva; Toró, Fernando, Kleberson e Vinícius Pacheco (Gil); Bruno Mezenga (Petkovic) e Obina (Erick Flores). Técnico: Andrade.

Gols: Bruno Mezenga, aos 36 e aos 42 minutos do primeiro tempo; Tássio, aos 13, Petkovic, aos 27 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Alcir, Márcio Guerreiro, Herbert, Marcio Loyola (Volta Redonda), Obina, Kleberson, Bruno Mezenga, David (Flamengo) Cartão vermelho: Herbert e Washington (Volta Redonda)
Estádio: da Cidadania, em Volta Redonda (RJ)
Data: 20/1/2010
Árbitro: Luís Antônio Silva dos Santos (RJ)
Auxiliares: Alexandre Eller (RJ) e Sergio Waldman (RJ)
Renda: R$ 168.090,00. Público: 8.463 pagantes



VIDEOBLOG - VOLTA REDONDA 1X3 FLAMENGO

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

QUIS O DESTINO...

Fernando marca gol na estreia com a camisa do Flamengo
Foto: Lancenet

Torcedores do Mais Querido do Brasil!

O Flamengo estreou a la Flamengo no Campeonato Carioca. Com uma vitória de virada na raça por 3 a 2 sobre o Duque de Caxias, no Maracanã, o Rubro-Negro conquistou os três primeiros pontos na Taça Guanabara. Em uma competição de tiro curto é necessário somar o máximo de pontos e não tropeçar diante das equipes consideradas pequenas para conseguir a classificação para a semifinal. Até porque o objetivo da comissão técnica é conquistar o primeiro turno para se dedicar exclusivamente na Taça Libertadores da América na segunda parte do Estadual.

Com uma equipe desfalcada e com poucas opções, o técnico Andrade apostou em Léo Medeiros que retornou de empréstimo ao Bahia na lateral-esquerda já que contava apenas com Vitor Saba e Jorbison, pois Juan está suspenso; e Erick Flores no comando de ataque ao lado de Obina.

Entretanto, quis o destino que Maurinho, aquele mesmo lateral que passou pelo Flamengo e vivia um caso de amor e ódio com a torcida abrir o placar no Maracanã. A pouca torcida que estava presente não acreditou no ocorrido. Nem eu.

Aos poucos o time foi se reencontrando, mas ninguém esperava a contusão do volante Willians. Fernando, irmão de Carlos Alberto, e que estava no Goiás no ano passado entrou na equipe. Os primeiros minutos do jogador foram tristes. Caneta, escorregão, dribles do adversário com facilidade... O primeiro tempo terminou com o placar adverso. Porém na segunda etapa, o treinador rubro-negro mudou o time. Bruno Mezenga e Vinicius Pacheco entraram e deram uma melhor movimentação no setor ofensivo.

Em sete minutos a alegria já estava estampada na face dos atletas e dos torcedores. Kléberson com um gol espírita e Fierro viraram o marcador. O Caxias entretanto, chegava sempre com perigo no contra-ataque aproveitando-se do melhor condicionamento físico e da falha de marcação do Mengão. Tanto é que empatou o jogo após a expulsão do zagueiro Álvaro que não encara o Volta Redonda, quarta-feira, no estádio da Cidadania.

Porém, o destino pregava mais uma peça neste jogo. Fernando que começou mal, teve gol anulado e tudo marcou o gol da vitória. Futebol acima da média não sei se ele tem, mas estrela... Isso parece ser indiscutível.

FLAMENGO PODE SER PUNIDO

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro em conjunto com a Polícia Militar, a SUDERJ e os próprios clubes tiveram a grande ideia de impedir a venda de ingressos três horas antes do início da partida no Maracanã. Essa "grande criação" foi também uma grande tragédia na estreia do Flamengo no Carioca. Muitos torcedores que não estavam cientes da medida acabaram encontrando as bilheterias fechadas.

Entretanto, logo após os guichês foram abertos, mas a confusão já estava sacramentada. Os outros postos de venda estavam "funcionando" normalmente de acordo com o próprio clube. Mas havia muita gente reclamando principalmente das bilheterias do estádio do São Cristóvão, local mais próximo do Maracanã que deveria estar comercializando as entradas. Entretanto, lá não havia policiamento muito menos bilheterias abertas.

Parabéns a bela administração dos órgãos competentes que estão diretamente ligados a realização do Campeonato Carioca que até mesmo terá jogos às 11 da manhã. Querem acabar com o Estadual, a competição mais charmosa do Brasil. Aqui vai uma sugestão: Utilizar tal medida somente para os clássicos. Qual torcedor vai se deslocar com antecedência para comprar ingressos para Fluminense x Bangu, Flamengo x Boavista, ou qualquer outro jogo que seja realizado no Maracanã?

Vale ressaltar também que essa medida contribui para o sucesso dos cambistas que circulam livremente em torno do Maracanã nos dias de jogos. Até porque sabe-se que a fiscalização dessa máfia não é rígida. Exemplos não faltam para tal vide a final da Libertadores em 2008, quando foi descoberto o desvio de ingressos para a decisão entre Fluminense e LDU e algo mais recente: a partida entre Flamengo e Grêmio que decidiu o campeão brasileiro.

Agora, o Flamengo pode ser punido devido a abertura das bilheterias ontem, no Maracanã. Veja abaixo a nota emitida pela Secretaria Estadual de Turismo, Esporte e Lazer:

Diante dos fatos ocorridos neste domingo, dia 17 de janeiro, nas bilheterias do Maracanã, a Secretaria Estadual de Turismo, Esporte e Lazer vem a público esclarecer que:

Foram identificadas graves irregularidades durante o jogo entre Flamengo e Duque de Caxias.

A empresa BWA e o Clube de Regatas do Flamengo desobedeceram as normas estabelecidas para utilização do Maracanã durante o Campeonato Estadual, e que visavam dar mais segurança e conforto aos torcedores.

Segundo convênio com a FERJ, para utilização do Maracanã, ficou determinado que não haveria venda de ingressos nos dias de jogo. Porém, a Secretaria Estadual de Turismo, Esporte e Lazer, atendendo a um pedido feito pelo Flamengo, em reunião com representantes do clube e registrada em ata, flexibilizou a possibilidade de venda em até três horas antes do início da partida entre Flamengo e Duque de Caxias.

Tal medida foi amplamente divulgada pela imprensa, depois de entrevista coletiva concedida pela Secretária Marcia Lins, na última quinta-feira, dia 14. Essa nova medida foi resultado de diversas reuniões entre órgãos públicos de segurança visando sempre o bem estar do torcedor e facilitando o novo sistema de pré checagem de ingressos.

A Secretaria Estadual de Turismo, Esporte e Lazer já está notificando a FERJ para informar o descumprimento da norma e para que sejam tomadas as medidas cabíveis. Através da Suderj, foi solicitada a devolução das chaves e a desocupação das bilheterias. Em razão desse fato, a Secretaria informa que não haverá mais vendas de ingressos em dias de jogos nas bilheterias do estádio. Caso alguma grave irregularidade venha a ocorrer, o Flamengo poderá ficar impedido de jogar no Maracanã.

Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Lazer /Diretoria de Comunicação e Marketing

domingo, 17 de janeiro de 2010

ESTREIA CONVINCENTE

Júlio César marcou em sua estreia
Foto: Lancenet

Caros amigos tricolores,

Não estranhem que o título do post não tem nada relacionado a palavras como "show", "gala", "máquina tricolor" entre outras coisas. Isso se deve pelo fato de que o Campeonato Carioca de 2010 está apenas começando e não quero cair na ilusão de uma primeira vitória. Entretanto, não posso deixar de falar com sinceridade o que aconteceu na partida.

A vitória de 3 a 0 sobre o Americano (no tempo do Caixa D'Água era mais difícil vencer esta equipe. Brigará para não cair este ano) no Estádio Godolfredo Cruz, em Campos, pelo Grupo A da Taça Guanabara mostrou em um primeiro momento que a vontade, a disposição, a união e a entrega da equipe tricolor continua, como nos últimos momentos do Brasileirão-09, que resultou na ressurreição do Fluminense.

O time do técnico Cuca dominou a partida, jogando com autoridade, facilitado pelo fraco time campista e mais ainda pela expulsao justa do jogador Paulo Henrique, ainda no primeiro tempo.

O que pode facilitar o Fluminense neste início de ano é que a o time titular do Flu foi mantido, com apenas três mudanças: Leandro Euzébio na zaga, Júlio César na ala-esquerda e Everton no meio-campo. Desses três, apenas Euzébio não marcou na vitória de hoje.

Quem completou o placar foi Maicon. A de se destacar na partida de hoje as atuações destacadas de Diguinho, que fez grande jogada no terceiro gol e do Conca, que conduz como ninguém um meio-campo. Como sabe distribuir as jogadas o argentino.

Quero falar também um poucos dos estreantes. Everton marcou o primeiro gol e vem demonstrando qualidades na saída de bola, algo que eu sempre cobrei dos volantes tricolores.

Além disso chega bem ao ataque. O Júlio César no início do jogo se mostrou um pouco tímido, mas no segundo tempo se soltou mais e marcou um gol. Já Leandro Euzébio e Thiaguinho, este entrando no segundo tempo, tiveram atuações discretas e chamaram a atenção somente quando levaram cartões amarelos bobos.

Ainda é cedo, mas se o Fluminense continuar jogando desta forma, tem tudo para dar bastante alegria para a torcida em 2010!!!


A VITÓRIA DA UNIÃO

Herrera vibra com o primeiro do Bota na temporada
Foto: Cleber Mendes/Lance

Seguidores da Estrela Solitária,

O primeiro jogo do ano é sempre uma icógnita. Os novos jogadores tentam se encaixar no esquema tático, o time ainda busca achar o ritmo de jogo e o torcedor tenta se acostumar com as caras novas. A vitória do Botafogo teve destaques positivos e desconhecidos como o argentino Herrera e o lateral Marcelo Cordeiro, outros velhos conhecidos como Lúcio Flávio e Leandro Guerreiro também se destacaram. Alguns deixaram a desejar, como o atacante Jorge Luís, recém promovido da base. Num todo, a equipe foi aguerrida e se esforçou para vencer o vice-campeão da Série D por 3 a 2.

O jogo mal tinha começado quando Lúcio Flávio foi até a linha de fundo e cruzou pra área de pé esquerdo, o que não é o bom, Herrera apareceu como um foguete e marcou o primeiro em cabeçada. Com menos de 2 minutos de jogo, o novo time do fogão parecia estar no caminho certo. Entretanto, a vantagem do alvinegro não durou muito. Aos quatro minutos, após cobrança de escanteio, o zagueiro André apareceu fechando no meio da zaga e contou com um toque no poste esquerdo para empatar. 1 a 1.

Com toda a dificuldade característica de início da temporada, o Bota tinha dificuldades para sair, enquanto isso, no ataque, Herrera acreditava em todas as bolas e seguia levando perigo. O Macaé voltou a ficar na frente aos 32 minutos, quando Fernandão girou em cima de Wellington e bateu sem chances para Jéfferson. 2 a 1. Até esse momento, o Botafogo não parecia ter capacidade de reação suficiente para virar a partida, por isso mais um gol seria fundamental para lutar pelo placar na segunda etapa.

O Bota conseguiu mais do que esperava ainda nos 45 minutos iniciais. A reação começou aos 43 minutos, quando Fahel foi derrubado. A falta era de média a longa distância e fez a torcida lembrar de Juninho, que se trasferiu para o futebol coreano, mas Lúcio Flávio cobrou com perfeição no cantinho e empatou mostrando um de seus lampejos de habilidade e categoria. 2 a 2.


A virada veio aos 43 minutos em jogada iniciada por Marcelo Cordeiro, que tocou para Herrera fazer tremer o travessão, no rebote, Lúcio Flávio ficou com ela e tocou no meio da área para Marcelo Cordeiro escorar para o gol. Botafogo 3 a 2. A partir de então, foi só administrar e ir para o intervalo em vantagem.

No segundo tempo, o alvinegro mostrou claros momentos de cansaço e isso fez o glorioso ter um recuo característico. Aproveitando-se do momento, Estevam Soares sacou Jorge Luís e colocou Caio Canedo, negociado com o Volta Redonda, o garoto mostrou personalidade e habilidade com a bola nos pés. O lance de maior apreensão na segunda etapa foi quando Marcelo Cordeiro sofreu entrada forte no joelho e teve de sair, mas não foi nada grave. E assim o Bota conseguiu os três pontos.

Tentando voltar com as análises:
Craque do time: Lúcio Flávio
Perna-de-pau: Jorge Luís

DUAS OBSERVAÇÕES QUE MUITO INTERESSAM AO BOTAFOGO.

1ª -Na vitória do Boavista sobre o Bangu por 3 a 0, em Moça Bonita, Léo Guerreiro, atacante indicado por Túlio Maravilha ao Botafogo, marcou os dois primeiros e Jougle, revelado no alvinegro, completou a goleada.

2ª -O futuro do Botafogo foi derrotado pela Lusa por 3 a 0 e deu adeus a Copinha.

MACAÉ 2x3 BOTAFOGO

Local: Estádio Godofredo Cruz, em Campos dos Goytacazes (RJ)
Data: Sábado, 16/01/2010
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: João Batista de Arruda
Assistentes: Marco Aurélio dos Santos e Luiz Felipe Guerra
Cartões amarelos: Da Silva, Thiago Maciel, Diego (Macaé); Lúcio Flávio, Fahel (Botafogo)
Gols:MACAÉ: André, aos 3, e Fernandão, aos 32min do 1º tempo BOTAFOGO: Herrera, aos 2, Lúcio Flávio, aos 36, e Marcelo Cordeiro, aos 43 min do 1º tempo

BOTAFOGO: Jéfferson, Alessandro, Antonio Carlos, Wellinton e Marcelo Cordeiro (Edson); Leandro Guerreiro, Fahel, Eduardo e Lúcio Flávio; Jorge Luiz (Caio) e Herrera (Diguinho)
Técnico:Estevam Soares

MACAÉ: Lugão, Thiago Maciel (Fred), André, Otávio e Bill (Léo Santos); Gedeil, Da Silva (Amaral), André Gomes e Diego; Anderson e Fernandão
Técnico: Toninho Andrade

sábado, 16 de janeiro de 2010

SÓ LOVE!

Vágner Love é apresentado na Gávea ao lado de Patrícia Amorim e Marcos Braz
Foto: Vipcomm

Torcedores do Mais Querido do Brasil!


Fim da novela! Vágner Love é do Mengão! Há seis anos, o jogador já demonstrava todo o seu amor pelo clube e no dia 15 de janeiro de 2009, aquilo que parceria apenas um sonho de infância se tornava realidade. E as lágrimas na apresentação ontem a noite, no auditório da Gávea demonstravam o carinho do atacante pelo clube. Love acertou contrato com o Flamengo até 10 de julho e receberá algo em torno de 400 mil reais mensais.

Muito se fala de quão complicado é Love fora das quatro linhas, mas o que se espera dele é balançar a rede adversária e formar a melhor dupla de ataque do Flamengo dos últimos tempos com o Imperador Adriano. Acredito que Vágner Love é um bom jogador e até mesmo um produto da mídia por causa das convocações para a Seleção Brasileira (hoje qualquer um atua pelo Brasil a exemplo de Afonso, Hulk, Fernando,...) e por ser folclórico com suas trancinhas, mas sem sombra de dúvidas foi uma boa aquisição.

O que mais me preocupa dessa dupla é o tempo de contrato. Caso o Flamengo se classifique para a fase final da Copa Libertadores não poderá contar até então com os jogadores, pois o contrato de ambos termina antes da Copa do Mundo e o torneio sul-americano se estende até agosto.

Vágner Love recebeu a camisa 9 que pertencia ao inoperante Dênis Marques que a cada dia perde mais espaço na equipe. As primeiras palavras como jogador do Flamengo foi de muita emoção: "Estou arrepiado. Não é brincadeira não, é complicado até falar. É um sonho de infância. Só eu e quem me acompanha sabe (chora). Todos envolvidos estão de parabéns. Quero agradecer o carinho da torcida. Vou fazer de tudo para retribuir, porque sei que torceram muito. A partir de amanhã (hoje) no treino vou dar minha vida."

Love foi recepcionado com muita festa na Gávea. Alguns torcedores usaram trancinhas semelhantes ao novo ídolo e carregaram corações de pelúcia. Do lado de fora do clube, um carro de som tocava temas relacionados ao Flamengo e a música "Só Love", dos cantores Claudinho e Buchecha. Os torcedores, porém, não tiveram acesso ao local da entrevista.

Agora sim Andrade pode falar que essa dupla vai tirar o sono dos zagueiros adversários. A estreia do jogador está prevista para a partida diante do Volta Redonda, quarta-feira, no estádio da Cidadania. Mas segundo o atleta, a vontade era entrar no Maracanã já neste domingo e atuar: "Por mim jogava domingo, mas por causa dos documentos não será possível. Estava treinando, mas não estou 100%, assim como todos os outros jogadores. Para o segundo jogo já vou estar à disposição do Andrade".


Bem-vindo Love e que o caso de amor seja repleto de gols e títulos!

VIDEOBLOG - APRESENTAÇÃO OFICIAL É NO FC!

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

ARBITRAGEM DEFINIDA!

Sorteio define os árbitros para a primeira rodada do Carioca 2010

Em sorteio realizado na tarde desta quinta-feira (14/01), nas dependências da ABANERJ (Sede Campestre da Associação dos Funcionários do Antigo Banerj), em Jacarepaguá, foram definidos os quartetos de arbitragem da 1ª rodada do Campeonato Estadual da Série A de Profissionais, que terá seu início no próximo sábado, dia 16.

O sorteio teve a transmissão ao vivo da Super Rádio Tupi através do repórter Odilon Júnior.

Abaixo você confere todos os quartetos de arbitragem:

Bangu x Boavista
Árbitro: William Marcelo de Souza Nery
Assistentes: Luiz Antônio Muniz e Michael Correia
4º Árbitro: Claucio Hermanos Félix

Flamengo x Duque de Caxias
Árbitro: Péricles Bassols Cortez
Assistentes: Rodrigo Pereira Jóia e Eduardo de Souza Couto
4º Árbitro: João Luiz da Silva

Olaria x Volta Redonda
Árbitro: Eduardo Cordeiro Guimarães
Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Wendel de Paiva Gouvêa
4º Árbitro: Daniel Wilson Barbosa

Americano x Fluminense
Árbitro: Guttemberg de Paula Fonseca
Assistentes: Ediney Guerreiro Mascarenhas e Jackson Lourenço
4º Árbitro: Leandro Newley Ferreira

Friburguense x Resende
Árbitro: Antônio Frederico Schenneider
Assistentes: Silbert Faria e Francisco Pereira de Sousa
4º Árbitro: Janderson Augusto da Silva

Madureira x América
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro
Assistentes: Ricardo Maurício Ferreira e Claúdio José de Oliveira
4º Árbitro: Nielsen da Silva Paula

Macaé Esporte x Botafogo
Árbitro: João Batista de Arruda
Assistentes: Marco Aurélio dos Santos e Luiz Felipe Guerra
4º Árbitro: Guilherme Oliveira

Vasco da Gama x Tigres do Brasil
Árbitro: Lenilton Rodrigues Júnior
Assistentes: Hilton Moutinho e Lilian da Silva Fernandes
4º Árbitro: Rafael Tony Cruz

Assessoria de Imprensa: Uruan Júnior/ Agência FERJ
Fotos: Buda Mendes/ Agência FERJ


OLHO NO CAXIAS!

O Duque de Caxias terá uma parada dura já na primeira rodada do Estadual da Série A 2010: nada mais, nada menos que o atual campeão carioca Flamengo, no Maracanã, no domingo. Sem se importar com tais circunstâncias, o meia Geovani pensa grande e pretende surpreender o Rubro-negro, carimbando a faixa do título do adversário em 2009.

"Temos condições de vencê-los, mas sabemos que é difícil. Estamos trabalhando para carimbar a faixa do Flamengo. Jogo contra time grande é complicado porque eles chegam para matar o jogo e não desperdiçam as oportunidades. Temos de tomar cuidado com tudo", alertou o jogador.

Fonte: Futrio

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

TIGRES GOLEIA RUBRO


O Tigres do Brasil entrou novamente em campo em seu CT na manhã desta quinta-feira, às 9h, para enfrentar o Rubro no último jogo-treino antes do início do Carioca 2010. Jogando com muita vontade de vencer, os atletas da Fera da Baixada emplacaram 7 a 2 no clube de Araruama, que disputa a Série C do Estadual.

Os destaques foram Claytinho, Jefinho, Gilberto e Ítalo, autores dos gols. O treinador Carlos Alberto mostrou satisfação com o resultado "Esse foi um dos nossos melhores resultados e a performance também me agradou muito. O adversário jogou bem também, dificultou e termos conseguido um placar um pouco mais elástico mostra que temos qualidade no elenco", concluiu o treinador.

Este foi o nono jogo-treino do Tigres do Brasil na pré-temporada em 2010. O saldo é bastante positivo, uma vez que a Fera da Baixada venceu sete destes testes.

O Tigres do Brasil enfrenta o Vasco da Gama em seu primeiro jogo na Taça Guanabara neste sábado (16), às 17h, em São Januário.


Fonte: Site oficial do Tigres do Brasil

DIA "V"

Jogador deve ser anunciado hoje como o companheiro de Adriano
Foto: A Bola

"... Vagner Love deve ser anunciado como o novo reforço já na próxima semana. Me atrevo a dizer que quarta-feira será o dia da apresentação oficial." Bom não foi na quarta-feira, mas o Flamengo deve anunciar hoje o "Artilheiro do Amor". A diretoria rubro-negra aguarda somente a documentação do CSKA da Rússia para que o jogador seja apresentado de maneira oficial.

Após a chegada da documentação, o vice-presidente de futebol Marcos Braz irá até São Paulo onde o atacante realiza a pré-temporada para acertar os últimos detalhes e trazer o principal reforço para o Rio de Janeiro.

Flamengo e Vagner Love acertaram as bases salariais para o contrato de um ano, com salários de R$ 450 mil mensais. Parte desse dinheiro deve ser pago pelo novo patrocinador do clube, a Batavo. O Hamburgo, da Alemanha, quase melou a negociação com a intenção de contratar o jogador por 1,1 milhão de euros, aproximadamente R$ 2,8 milhões de luvas e mais salários de 350 mil euros cerca de R$ 890 mil.

Entretanto, Vagner Love convenceu os russos de que seria melhor jogar pelo Flamengo em ano de Libertadores e com possibilidade de disputar o Mundial além do que a conquista do hexacampeonato brasileiro fortificou a imagem do clube na Europa.

Além de Vagner Love, o Flamengo espera a liberação do Dinamo de Kiev, da Ucrânia para a aquisição de dois jogadores: o zagueiro Rodrigo que passou pelo Flamengo em 2008 e o lateral Michael, que estava no Botafogo. Andrade aos poucos vai recebendo as peças de reposição e as trancinhas de Love mudarão de cor desta vez como ele sempre sonhou.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

CONFIRMADOS!

Reunião na FERJ para estabelecer procedimentos para o Carioca
Foto: FERJ


Não está confirmado a contratação de nenhum jogador por parte de um clube carioca e sim algumas medidas para o ínicio do Campeonato Carioca. No final da tarde desta terça-feira, uma reunião na sede da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro com os presidentes e representantes das equipes além do presidente da entidade, Rubens Lopes debateram alguns pontos importantes do Campeonato Estadual, que terá seu início no próximo dia 16.

Na reunião, foi ratificado que será aplicado sobre o valor dos ingressos, o aumento definido na reunião do Conselho Arbitral, realizada na última sexta-feira. Simultaneamente os clubes se comprometeram a elaborar planilhas justificando as razões do aumento para apresentação ao Ministério Público.

Outro ponto importante discutido foi a aplicação da resolução do Estado e do Regulamento Geral das Competições da FERJ que visa a utilização do Maracanã.

A setorização do Estádio, em comum acordo com a SUDERJ, que se fez presente na reunião através do vice-presidente, João de Deus, acontecerá a partir da 3ª rodada. A mesma será aplicada pela divisão do Estádio em sua metade (lado A e lado B).

A partir da 1ª rodada, as bilheterias do estádio se fecharão três horas antes do início da partida.

Sendo assim, a partida entre Flamengo x Duque de Caxias, do próximo domingo (17/01) está mantida no Maracanã.

Abaixo você confere os preços dos ingressos:

Maracanã - Equipes grandes x Equipes médias: Cadeira Azul R$ 30,00; Arquibancada Verde e Amarela R$ 40,00; Arquibancada Branca R$ 50,00; Cadeira Especial R$ 150,00.
Clássicos, semifinais e finais a definir

Estádio Olímpico João Havelange (Engenhão) - Equipes grandes x Equipes médias: Setores Norte e Sul R$ 20,00; Leste e Oeste Superior R$ 30,00; Leste e Oeste Inferior R$ 40,00
Clássicos - Setores Norte e Sul R$ 30,00; Leste e Oeste Superior R$ 40,00; Leste e Oeste Inferior R$ 70,00

São Januário - Arquibancada R$ 40,00; Cadeira Social R$ 50,00; Poltrona Social R$ 90,00

Estádio da Cidadania (Raulino de Oliveira) - Equipes grandes x Equipes médias: Arquibancada R$ 40,00; Cadeira R$ 100,00
Equipes grandes x Equipes médias: Arquibancada R$ 20,00; Cadeira R$ 40,00

Estádio Giulite Coutinho (Édson Passos) – Equipes médias x Equipes médias: Arquibancada descoberta R$ 20,00; Arquibancada coberta R$ 30,00; Cadeira R$ 40,00
Equipes grandes x Equipes médias: Arquibancada descoberta R$ 30,00; Arquibancada coberta R$ 40,00; Cadeira R$ 50,00

Godofredo Cruz - Equipes grandes x Equipes médias - R$ 40,00; Equipes médias x Equipes médias - R$ 20,00

Demais Estádios - Equipes grandes x Equipes médias – R$ 30,00; Equipes médias x Equipes médias - R$ 20,00.

E você está de acordo com os preços e com a medida de vender os ingressos até três horas antes do começo dos jogos? Opine aqui no FC Oficial!

ARTILHARIA PESADA

Adriano, Fred, Dodô e Abreu são as apostas dos cariocas
Foto: Jornal Campeão


Há no futebol aquele velho ditado que diz: "A melhor defesa é o ataque". O futebol brasileiro é conhecido por seus encantos, aquele futebol jogado certinho do meio pra frente e que resulta em vitória. Sendo a seleção parâmetro do futebol nacional para o mundo, espera-se dela sempre um ataque de dar inveja, desta forma, vários treinadores deixaram a seleção canarinho com o apelido de retranqueiro.

Confiando nessa fórmula antiga, os quatro grandes clubes do Rio de Janeiro resolveram apostar no ataque como principal setor do time, todos tem na frente uma artilharia pesada com jogadores rodados e com passagem por suas respectivas seleções. Ao que tudo indica, esse estadual tem tudo para ser o recordista de bolas na rede, bom para o torcedor que vai ao estádio para poder acompanhar de pertinho o momento épico do futebol, o gol.

O atual tri-campeão Flamengo garantiu a base que levou o hexacampeonato brasileiro para a Gávea, com isso manteve no clube o artilheiro do brasileirão, o "Imperador" Adriano, um dos poucos atletas no país que está no "nível da Europa", ou seja, seria titular hoje em qualquer clube de ponta do futebol mundial. Aos 27 anos, Adriano é presença certa na convocação de Dunga para a Copa de 2010. O jogador já foi campeão da Copa América de 2007 fazendo o gol salvador do Brasil contra a Argentina. Participou também da Copa do Mundo de 2006 sendo o titular da equipe ao lado de Ronaldo. Ainda com a indefinição do ataque rubro-negro, o "Imperador" poderá fazer dupla com Vágner Love.

O Fluminense, que sempre se destaca com contratações de ponta, mantém no elenco desde o ano passado o atacante Fred. O tricolor já mostrou ser dependende dos gols do craque, tanto que, no Brasileirão de 2009, quase foi rebaixado enquanto Fred se recuperava de lesão, com a volta do ídolo, o Flu deu uma das maiores arrancadas já vistas no futebol e acabou se livrando da queda. Fred voltou ao Brasil após indefinição de contrato com o Lyon-FRA e hoje também poderia ser titular em clubes de ponta. O atacante ainda luta por uma vaga na seleção de Dunga, embora ainda esteja mais distante do que o atacante do Fla. Fred também participou da Copa do Mundo de 2006 e marcou um gol, na vitória do Brasil sobre a Austrália, ainda na primeira fase.

O Vasco da Gama, recém promovido para a primeira divisão nacional, apostou num atacante rodado e famoso por fazer gols com uma característica peculiar, bonitos. Apesar de estar há um ano e meio parado, Dodô é a principal aposta vascaína para os caminhos que serão percorridos em 2010. O "Artilheiro dos gols bonitos" já defendeu a seleção brasileira em diversas oportunidades e por lá também deixou sua marca. Com experiência no futebol carioca, Dodô conseguiu ser bi-artilheiro do estadual (2006 e 2007), façanha conseguida quando ele ainda defendia as cores do Botafogo. Para fazer dupla com o craque, o Vascão apostou num outro artilheiro, mas um pouco menos conhecido, Rafael Coelho, que chegou a artilharia do Brasileirão da Série B defendendo o Figueirense.

O Botafogo tinha, até então, a situação mais delicada no que diz respeito ao ataque, o clube que já contou com craques dentro da grande área como Túlio Maravilha, Maurício, Heleno de Freitas e PC Cajú viu todo o seu sistema ofensivo, que já não era dos melhores, sair pela porta dos fundos de General Severiano. A diretoria agiu e acertou a transferência do uruguaio Sebastián "El Loco" Abreu, que também é presença certa na Copa do Mundo de 2010, defendendo a Celeste. "El Loco" foi fundamental para a classificação de sua seleção ao mundial, já que foi ele quem fez o gol dos bicampeões mundiais sobre a Costa Rica, na repescagem. A torcida do Bota apostará suas fichas em gringos, Abreu formará dupla com o argentino Herrera, que também foi negociado recentemente.

As cartas já estão na mesa, os times mostram seus trunfos, quem será o ás mais poderoso? ou melhor, quem será o artilheiro do Campeonato Carioca de 2010? Façam suas apostas, bola na rede é o que não vai faltar.

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

DE PELAGEM NOVA!


O Tigres do Brasil também tem vez no FC Oficial. E o clube divulgou os uniformes que serão utilizados no Campeonato Carioca. A equipe de Xerém anunciou a LUPO como a fornecedora de material esportivo. A Lupo, que tem contrato de fornecimento com a FIFA pelas próximas duas Copas do Mundo, também veste os clubes brasileiros como Náutico, Guarani, Botafogo-SP e outros.

O Tigres estreia diante do Vasco, dia 16, em São Januário, pelo Grupo B. Para o início da competição chegaram os atacantes Gilberto e Ítalo, que vieram do Treze-PB, os experientes meias Igor (ex-Flamengo, Coritiba, Fortaleza) e Vander (ex-Cruzeiro, Ituano-SP, Oeste-SP), o volante Daniel Martins (ex-Tupi-MG) e o lateral-esquerdo Celico (ex-Marcílio Dias-SC).

A BOLA!

Federação divulga a foto da bola da Penalty que será usada no Estadual
Foto: FERJ


A FERJ já divulgou a bola que será usada no Campeonato Carioca. Desenvolvida pela Penalty, a bola deste ano terá como principal novidade o número de gomos. Serão oito. Isso significa menos junções nos gomos, tornando a bola mais elástica.

Assim como nos outros anos, a "pelota" causou revolta principalmente nos goleiros que não aprovaram o modelo. Segundo o volante Fernando do Flamengo a bola é muito rápida e às vezes dificulta o domínio. Para ele, os goleiros irão sofrer. E foi justamente isso que o camisa 1 rubro-negro Bruno tentou dizer com ironia: "Dessa vez eu vou ficar calado. Prefiro nem comentar para não polemizar ".

O Campeonato Carioca tem início no próximo sábado e o Futebol Carioca Oficial estará ligado e passando todas as informações só para você!

QUE CALOR!


Assim como já aconteceu nos Campeonatos Estaduais das Séries B e C de 2009, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro divulgou que haverá o tempo técnico obrigatório no Campeonato Estadual da Série A, que terá início no próximo sábado.

Aos 20 minutos de cada tempo, na primeira parada de bola, o juiz da partida paralizará durante 2 minutos para que os treinadores possam passar alguma instrução para os seus atletas, além de refrescar os mesmos.

Entretanto, os jogos que serão transmitidos pela REDE GLOBO não haverá tempo técnico obrigatório.

domingo, 10 de janeiro de 2010

PÉ DIREITO!

Bebeto estreia com vitória no comando do América
Foto: Marcelo de Jesus / Globoesporte.com


Bebeto estreou com o pé direito a beira do gramado defendendo o América. No primeiro amistoso comandando o clube diante de um combinado de Arraial do Cabo, o time alvirrubro teve dificuldades, mas conseguiu vencer o adversário por 3 a 2. Mais de 500 torcedores estiveram presentes no estádio Barcelão para acompanhar de perto o novo trabalho de Bebeto. Ao contrário do que todos esperavam (uma exibição do tetracampeão mundial), o treinador afirmou que precisava observar a equipe para o inicio do Campeonato Carioca.

A provável escalação do América para a estreia deve ser a seguinte: Roberto, Claudemir, Ciro, Daniel Melo e Da Costa; Júnior, Osmar, Jones Carioca e Allan; Paty e Adriano. O time da Rua Campo Salles terá mais dois amistosos. Na próxima terça-feira, também em Arraial do Cabo. Às 15 horas, os reservas do América voltam a enfrentar a seleção da cidade, e às 17h, os titulares disputam um jogo-treino contra o Cabofriense, da Segunda Divisão carioca.

O América pode dar trabalho no Estadual ou ser reconhecido como a equipe dos tetracampeões Romário e Bebeto? Opine!