Campeonato Brasileiro
[23/10 e 24/10] .::. Atlético-PR x Fluminense / Botafogo x Vitória / Vasco x Flamengo .::.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

SOBRE A MONTAGEM DO VASCO 2010

Chega a última semana de 2009 e a torcida vascaína já conhece pelo menos 90% do grupo que vestirá nossa camisa nos campeonatos da temporada que vem. Já foram apresentados dez reforços e a expectativa é de pelo menos mais três novos jogadores (Rafael Carioca, um meia e um atacante).

Muita gente falou que o Vasco monta um time conforme suas restrições financeiras. Até pode ser, mas com o Gigante da Colina funciona exatamente igual a todos os outros, na base da criatividade e muita conversa. Fora uma aquisição esporádica, como a de Maxi López (R$ 3,7 milhões), todos os times adquirem jogadores através de parceiros ou atletas sem contrato, como foi com os badalados Ronaldo, Adriano, Fred e Roberto Carlos.

Essa semana enquanto assistia uma dessas peladas de fim de ano, um comentarista (um branquinho da Sportv que esqueci o nome) disse que um dos que melhor contratavam era o São Paulo. Ora, vamos aos nomes. André Luis (em 2008 era um louco, foi pro SP virou craque), Xandão (dispensado do Fluminense no meio desse ano), Fernandinho (promessa que fez meia dúzia de bons jogos), Léo Lima (banco do Vasco da Série B) e Marcelinho Paraíba (o melhor deles, mas que foi mal no urubu e brilhou no rebaixado Coritiba). O tricolor paulista tem um bom grupo, mais pelo que já tinha do que pelos que chegaram.

Citei esse exemplo, apenas para criar o contexto necessário. Dentro do que era possível, nos reforçamos muito bem. Conseguimos um atacante espetacular, mas que ninguém estava disposto a investir. Pegamos o melhor atacante da Série B e aí falamos da nossa posição mais carente de 2009. Kléber Pereira pode chegar, dando mais uma boa opção de frente.

Temos um dos melhores meias do país, que pode ter ao lado, em um primeiro momento, uma aposta, como Jéferson, Magno ou Caique. Se não der certo, para o segundo semestre pode vir um nome de mais peso (Juninho Pernambucano) ou até mesmo usar três volantes, afinal opções é que não faltam.

Se já tinhamos fartura nessa posição, agora temos até mesmo excesso. Léo Gago vem após um Brasileiro muito bom e Rafael Carioca é jogador para Seleção em um futuro próximo. Junte-se a eles as promessas Souza e Allan, além de Nilton, com muito crédito, Jumar, Paulinho e Mateus, que deve ser emprestado.

Nas laterais, caso Ramon fique, termos tido um grande ganho de qualidade, com as chegadas de Élder Granja e Márcio Careca. A zaga ganha em experiência com Gustavo e Thiago Martinelli e no gol. Bom, lá já temos a muralha e não precisamos de mais ninguém.

Temos que colocar como objetivo inicial a briga pelo título Estadual e da Copa do Brasil. No Rio, o grande adversário é o urubu e na competição nacional, Palmeiras e Grêmio. Já no Brasileiro, o foco inicial tem que ser ficar entre os oito primeiros. E porquê falo isso.

O campeonato é muito equilibrado e não adianta 12 times dizerem que querem ser campeões que só causa decepção às suas torcidas. Temos que fazer parte do bloco dos que brigam pelos títulos todo ano, hoje formado por Cruzeiro, Corinthians, Grêmio, Inter, urubu, São Paulo e Palmeiras. Se vamos levar a taça ou não, aí já é outro departamento.

O que pode alegrar a torcida é que estamos montando um grupo homogêneo, sem muitas diferenças entre titulares e reservas. Em caso de suspensão ou lesão, o nível não cai muito, fora o caso de Carlos Alberto, que não tem substituto à altura.
.
Sds vascaínas a todos!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

VOLTOU COM TUDO!

Bebeto é apresentado como o novo treinador do América para o Estadual
Foto: Globoesporte.com


Está tirando onda ou não? O América voltou para a elite do futebol carioca com força total. E o diretor do clube, Romário já deu o presente de Natal para todos os torcedores: Bebeto. O companheiro de ataque do Baixinho na conquista do tetracampeonato mundial nos Estados Unidos em 1994 será o técnico da equipe no Estadual 2010.

Esse será o primeiro desafio de Bebeto como treinador. Mas para quem está desconfiado pode olhar justamente para a Seleção Brasileira e ver Dunga como alguém sem experiência no cargo e que vem calando a boca de muitos críticos com um desempenho impecável no comando do Brasil conquistando todos os títulos possíveis em disputa. Lucho Nizzo será o auxiliar técnico no América.

Maas para todos que acreditavam em uma reedição da dupla, Romário pôs um balde de água fria na coletiva: "Uma coisa importante que vocês não podem esquecer é que nós não vamos jogar, infelizmente. Muitos podem estar pensando isso. Será que esses caras vão jogar?"

As primeiras palavras como o novo comandante do clube deixou emocionada a torcedora símbolo do América, Tia Ruth: "Estou emocionado. Logo que eu entrei aqui senti um arrepio quando começaram a cantar o hino do América. Tenho uma responsabilidade grande, mas eu sou um vencedor. Quero agradecer ao “baixo” (Romário) pela confiança que ele depositou em mim. Acredito muito no trabalho e vamos colocar o América no lugar que ele merece estar. É mais um desafio na minha vida. Vamos buscar do título carioca. Com muito trabalho, nada é difícil".

Bebeto garantiu que o sistema tático da equipe deve ser mesmo o tradicional 4-4-2 e a chegada de reforços já está sendo discutida com a diretoria. No embalo da apresentação, o Baixinho já fala na conquista do título carioca. Pretensão? Que nada, para o América nada é impossível até por se tratar de uma equipe grande do Rio de Janeiro.

Sucesso a essa nova dupla agora fora de campo.


Parceria continua

O América formalizou na última terça-feira a continuação da parceria com a Unimed, que patrocinou futebol alvirrubro na campanha da Série B do Estadual deste ano. Os valores não foram divulgados, mas houve aumento nas cifras em relação ao acordo de 2009.

O novo contrato, que terá a duração de seis meses, deixou o manager do futebol rubro muito satisfeito.

Romário destacou pelo site oficial do clube a alegria pela continuidade da parceria: " A Unimed confiou no nosso projeto em 2009 e nos ajudou em um momento bastante delicado. Felizmente, o novo contrato vem ratificar a satisfação do America e da própria Unimed com os belos resultados obtidos neste ano. Esperamos que em 2010, de volta à Primeira Divisão, consigamos juntos comemorar grandes feitos".

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

SELEÇÃO BRASILEIRÃO 2009

Assim como no ano anterior, os blogueiros Jorge Costa, Renan Moura e Ricardo Oliveira, integrantes do blog Futebol Carioca Oficial, se reuniram para eleger os melhores jogadores do Brasileirão. Neste ano, tivemos o Flamengo sagrando-se Hexacampeão brasileiro, deste modo, o clube acabou tendo quatro jogadores na seleção dos melhores, além de Petkovic como craque. São Paulo, com dois e Cruzeiro, Goiás, Grêmio, Palmeiras e Atlético-MG, com um jogador cada, também fizeram parte da seleção.

Cada blogueiro escolheu três nomes para cada posição (goleiro, lateral-direito, 1º zagueiro, 2º zagueiro, lateral-esquerdo, 1º volante, 2º volante, meia-direita, meia-esquerda, 1ºatacante, 2ºatacante e técnico), aqueles atletas mais votados em suas posições, entraram para a seleção bola de ouro do blog FC OFICIAL, os que ficaram em segundo na votação, foram para a Seleção Bola de Prata e o restante, integrou a Seleção Bola de Bronze. Acompanhe abaixo os três "times perfeitos" que foram eleitos.

SELEÇÃO BOLA DE OURO:



Criação: Ricardo Oliveira (FC OFICIAL)

Seleção de Bola de Prata:

Bruno (Flamengo)
Vitor (Goias)
André Dias (São Paulo)
Chicão (Corithians)
Armero (Palmeiras)
Diguinho (Fluminense)
Pierre (Palmeiras)
Conca (Fluminense)
D´Alessandro (Inter)
Fred (Fluminense)
Washington (São Paulo)

Téc: Cuca (Fluminense)

Seleção Bola de Bronze:

Jéfferson (Botafogo)
Léo Moura (Flamengo)
Réver (Grêmio)
Juninho (Botafogo)
Kléber (Internacional)
Leandro Guerreiro (Botafogo)
Willians (Flamengo)
Cleiton Xavier (Palmeiras)
Jorge Wágner (São Paulo)
Wellington Paulista (Cruzeiro)
Marcelinho Paraíba (Coritiba)

Téc: Adílson Batista (Cruzeiro)

E você, torcedor. Concorda ou discorda dos blogueiros? Qual jogador você gostaria de ver na seleção? Dê sua opinião.

FICA OU NÃO?

Adriano pode deixar a Gávea em 2010
Foto: Globoesporte.com


Com o hexacampeonato nacional, o Flamengo que já era uma grande vitrine para qualquer jogador passou a ser o maior alvo das investidas dos empresários e dos clubes pelo mundo afora. O autor do gol do título, Ronaldo Angelim tem contrato vigente com o clube até 31 de dezembro deste ano e tem duas propostas para deixar o Rubro-Negro. Segundo o próprio jogador, um arquirrival do Rio (Fluminense) e outra equipe de São Paulo (Corinthians) estão na briga para contratarem o atleta.

Amanhã, Ronaldo Angelim chega a Juazeiro do Norte, no Ceará e será recepcionado com uma grande festa. Ele vai participar de uma carreata pelas principais ruas da cidade com direito a desfile no carro do Corpo de Bombeiros. Em compensação, Angelim dificilmente deixará o clube da Gávea até mesmo por estar adaptado ao estado e por ter um aumento salarial no Flamengo.

Além de Airton que também está sendo assediado pelo Benfica, de Portugal, o atacante Adriano tem propostas de alguns clubes da Europa e pode sair. De acordo com o Jornal Extra, o Imperador teria revelado a amigos que está de malas prontas para o Velho Continente.

Nesta quinta-feira, Adriano bancou uma grande festa na sua comunidade, Vila Cruzeiro, distribuindo presentes para a garotada e reunindo a galera para uma feijoada. O West Ham, da Inglaterra e a Roma, da Itália são os principais times interessados no camisa 10.

Se uns podem sair, outros podem chegar. E a revelação de 21 anos do Santo André, Júnior Dutra pode pintar na Gávea. o jogador teve os seus direitos comprados pelo empresário Juan Figger por cerca de R$ 1,2 milhão, não permanecerá no time do ABC paulista e já manifestou sua vontade de defender o atual campeão brasileiro.

Porém, para ficar com Júnior Dutra, o Flamengo terá que superar a concorrência do São Paulo, de um clube da França e de outro do Japão.

Pra finalizar, Adriano sempre falou que a felicidade esteve acima do dinheiro. Esperamos que essas palavras frequentemente ditas pelo Imperador não sejam traduzidas em tristezas por uma saída prematura do jogador do Flamengo. Será importantíssimo contar com ele para a Taça Libertadores além de que no Rubro-Negro ele está muito bem e a adaptação em um novo clube poderia dificultar uma convocação para a Seleção Brasileira visando a Copa da África do Sul no próximo ano.

Quando esperávamos que pelo menos um jogador tinha amor a camisa, esse pensamento pode estar indo por água abaixo novamente. Beijar escudo, vestir a camisa e mostrar que está arrepiado... tudo isso é um grande teatro quando na verdade o pensamento está unicamente no lado financeiro da coisa para muitos. Fica, Imperador!

PREMIAÇÃO DA SEGUNDA E TERCEIRA DIVISÃO DO CARIOCA!

Tia Ruth, torcedora símbolo do América é homegeada pela FERJ
Foto: Buda Mendes


Ontem a noite em um clube no bairro da Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro, aconteceu a premiação dos clubes campeões das Séries B e C do Campeonato Carioca deste ano. América e Sampaio Corrêa se destacaram na cerimônia de premiação aos melhores das competições. O Alvirrubro recebeu o troféu da Segundona, além de conquistar os prêmios de defesa menos vazada, ataque mais positivo e artilheiro da competição. Já o Sampaio Corrêa, além de ter o artilheiro da competição, Elias com 20 gols, recebeu o prêmio de ataque mais positivo: 50 gols.

Veja abaixo, a lista completa dos vencedores:

Seleção Oficial da Série B

Goleiro: Cléber (Sendas Esporte)
Lateral-Direito: Flavinho (Goytacaz)
Zagueiro Central: Diego (Olaria)
Quarto-Zagueiro: Naílton (América)
Lateral-Esquerdo: Rodrigo Mello (Quissamã)
1º Volante: Umberto (Sendas Esporte)
2º Volante: Bruno Reis (Quissamã)
Meia: Diguinho (América)
Meia: Geovane Maranhão (Artsul)
Atacante: Leandrão (Sendas)
Atacante: Alexandro (América)
Técnico: Waguinho Dias (Sendas Esporte)

Seleção Oficial da Série C

Goleiro: Dida (Rio das Ostras)
Lateral – Direito: Leandro (Castelo Branco)
Zagueiro Central: Peri (União Central)
Quarto Zagueiro: Arthur Sanches (Sampaio Corrêa)
Lateral – Esquerdo: Diego (Serra Macaense)
1º Volante: Édson (Castelo Branco)
2º Volante: Diogo Rodrigues (Leme)
Meia: Glauber (Fênix)
Meia: Lucas (Fênix)
Atacante: Elias (Sampaio Corrêa)
Atacante: Rômulo (Sampaio Corrêa)
Técnico: Aílton Magalhães (Sampaio Corrêa)

A Cerimônia premiou também dois jovens árbitros que foram escolhidos os melhores nas competições: Wagner do Nascimento Magalhães (Série B) e Daniel de Sousa Macedo (Série C).

O programa Balanço Esportivo foi escolhido como melhor programa jornalístico de televisão. O prêmio de melhor comentarista esportivo ficou com o jornalista Ronaldo Castro. Já a melhor cobertura jornalística de rádio foi da Radio Alternativa, sob o comando de Garcia Júnior.

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

E O MILAGRE ACONTECEU...

Marquinho fez o gol que garantiu o milagre
Foto: Fluminense F.C


Caros amigos tricolores,

Como vocês sabem, nos últimos meses minha vida profissional ganhou um novo rumo e por esse motivo minha presença neste simpático blog ficou um pouco menos. Gostaria de pedir desculpas aos amigos que nos acompanham, mas pretendo cumprir mais com as minhas obrigações aqui, com pelo menos um post semanal, para que nenhum torcedor do Fluminense fique desamparado. Agora chega de blá blá blá e vamos ao que interessa.

O Fluminense conseguiu uma reação espetacular e conseguiu deixar para trás o Z4, G4 do mal, Zona do Rebaixamento, Grupo dos 4 piores e qualquer outro tipo de adjetivo que defina os clubes que são rebaixados. Isso todo mundo já sabe, desde domingo. O que eu queria comentar é que muitas pessoas não acreditavam - eu me incluo até o empate contra o Inter -, porque depois eu passei a acreditar, sei lá porque, se foi paixão, loucura pelo Tricolor. O que eu vou fazer é um passo a passo da arrancada histórica do Fluzão para que vocês possam analisar friamente como o Tricolor conseguiu uma façanha inédita e histórica, passando também pelos jogos contra Cerro e LDU, pela Sul-Americana.

ÚLTIMA DERROTA DO FLUMINENSE:

- 27ª RODADA - FLAMENGO 2 X 0 FLUMINENSE - DIA 01/10/2009

**O FLUMINENSE TERMINOU A RODADA NA ÚLTIMA COLOCAÇÃO, COM 21 PONTOS, 7 PONTOS ATRÁS DO SANTO ANDRÉ, PRIMEIRO TIME FORA DA ZONA DE REBAIXAMENTO.

28ª RODADA - FLUMINENSE 1 X 1 CORINTHIANS

**FLUMINENSE AINDA NA ÚLTIMA COLOCAÇÃO, COM 22 PONTOS, 8 ATRÁS DO BOTAFOGO. INÍCIO DA SEQUÊNCIA DE 11 JOGOS SEM DERROTA.

29ª RODADA - SANTO ANDRÉ 1 X 2 FLUMINENSE

**FRED VOLTOU NESTE JOGO E MARCOU UM GOL DE PÊNALTI. TIME CONTINUOU NA LANTERNA, COM 25 PONTOS, 6 A MENOS QUE O BOTAFOGO.

30ª RODADA - FLUMINENSE 2 X 2 INTERNACIONAL

**O ZAGUEIRO GUM MARCOU OS DOIS GOLS. FRED FOI SUBSTITUÍDO E VAIADO PELA TORICDA. LANTERNA, COM 26 PONTOS, 5 ATRÁS DO BOTAFOGO E 8 DO CORITIBA.

31ª RODADA - GOIÁS 2 X 2 FLUMINENSE

**PRIMEIRO TEMPO FLU PERDIA POR 2 X 0 E CONSEGUIU CHEGAR AO EMPATE. O ZAGUEIRO LUIZ ALBERTO FOI BARRADO DO TIME NESTA PARTIDA. ÚLTIMA COLOCAÇÃO, COM 27 PONTOS, 5 DO SANTO ANDRÉ E 10 DO CORITIBA.

32ª RODADA - FLUMINENSE 2 X 1 ATLÉTICO-MG

**INÍCIO DA SEQUÊNCIA DE 6 VITÓRIAS. DEBAIXO DE CHUVA, A TORCIDA COMEÇOU NESTE JOGO A APOIAR O TIME. LANTERNA COM 30 PONTOS, A 5 DO BOTAFOGO E 8 DO CORITIBA.

33ª RODADA - CRUZEIRO 2 X 3 FLUMINENSE

**CRUZEIRO 2 X 0 NO PRIMEIRO TEMPO, FLU PRATICAMENTE REBAIXADO. REAÇÃO HISTÓRICA NO SEGUNDO TEMPO, VIRADA PARA 3 X 2 , FRED NÃO COMEMORA OS GOLS. ESTA VITÓRIA FEZ O FLU SAIR DA LANTERNA, COM 33 PONTOS, A 5 PONTOS DO BOTAFOGO, 7 DO ATLÉTICO-PR E 8 DO CORITIBA.

34ª RODADA - FLUMINENSE 1 X 0 PALMEIRAS

**MAIS DE 60 MIL TORCEDORES NO MARACANÃ. FLU VENCE O PALMEIRAS, GOL DE FRED, QUE FAZ AS PAZES COM A TORCIDA. TIME CHEGA AOS 36 PONTOS, SOBE PARA A 17ª COLOCAÇÃO, MAS CONTINUA A 5 PONTOS DO BOTAFOGO E DO CORITIBA.

DIA 12/11/2009 - SEMIFINAL DA COPA SUL-AMERICANA CONTRA O CERRO PORTEÑO. FLU VENCE POR 1 X 0, COM DIREITO A PEDRADAS NO FINAL DA PARTIDA!!!!

35ª RODADA - FLUMINENSE 2 X 1 ATLÉTICO-PR

**MARACANÃ CHEIO NOVAMENTE. FRED E MAICON MARCAM OS GOLS DA VITÓRIA. TIME CONTINUA NA 17ª COLOCAÇÃO, MAS DIMINUI A VANTAGEM DO BOTAFOGO PARA 2 PONTOS (41 X 39) E A 5 DO CORITIBA.

DIA 18/11/09 - JOGO DE VOLTA DA SEMIFINAL DA COPA SUL-AMERICANA. 2 X 1 SOBRE O CERRO, DE VIRADA, NO FINAL DA PARTIDA. DIGÃO E MAICON SE MACHUCAM, GUM JOGANDO COM SUPERCÍLIO MACHUCADO E PANCADARIA NO FINAL DO JOGO!!!

36ª RODADA - SPORT 0 X 3 FLUMINENSE

**FLU VENCE E SAI DA ZONA DO REBAIXAMENTO POR 22 MINUTOS. MAS O BOTAFOGO CONSEGUE VENCER O SÃO PAULO NO ÚLTIMO MINUTO E O TRICOLOR VOLTA PARA O Z4. COM 42 PONTOS, DIFERENÇA DE 2 PONTOS PARA O BOTAFOGO, ATLÉTICO-PR E CORITIBA.

DIA 25/11/09 - PRIMEIRO JOGO DA FINAL CONTRA A LDU - TIME PERDE POR 5 X 1 E NA CHEGADA AO RIO TEM RECEPÇÃO DA TORCIDA NO AEROPORTO. MAIS DE 300 TORCEDORES RECEBEM OS JOGADORES.

37ª RODADA - FLUMINENSE 4 X 0 VITÓRIA

**MAIS DE 50 MIL TORCEDORES NO MARACANÃ. DEPOIS DA DERROTA PARA A LDU NA FINAL POR 5 X 1, TORCIDA LOTA AEROPORTO NA CHEGADA DO TIME. DEPOIS DE 27 RODADAS, FLU SAI DA ZONA DE REBAIXAMENTO. SOBE PARA A 15ª COLOCAÇÃO, COM 45 PONTOS, COM 1 PONTO NA FRENTE DO CORITIBA E DO BOTAFOGO, PRIMEIRO TIME NA ZONA DE REBAIXAMENTO.

DIA 02/12/2009 - FINAL CONTRA A LDU NO MARACANÃ. ANTES DO JOGO, TORCIDA FAZ UM CORREDOR HUMANO NA CHEGADA DO FLU AO MARACA. NO JOGO, FLU VENCE POR 3 X 0, NÃO É CAMPEÃO, MAS TORCIDA GRITA QUE " É TIME DE GUERREIROS"

38ª RODADA - CORITIBA 1 X 1 FLUMINENSE

**ÚLTIMA RODADA, FLU ENFRENTA O CORITIBA E O GREEN HELL. EMPATE EM 1 X 1 GARANTE O FLU NA PRIMEIRA DIVISÃO, COM 46 PONTOS, NA 16ª COLOCAÇÃO.

DEPOIS DO APITO FINAL, PANCADARIA NO COUTO PEREIRA

NOVAMENTE A TORCIDA FAZ FESTA NA CHEGADA DO TIME NO AEROPORTO!!!!

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

OBS: DEPOIS DA DERROTA PARA O FLAMENGO, SALDO DA ARRANCADA TRICOLOR NO BRASILEIRO: 11JOGOS, COM 7 VITÓRIAS E 4 EMPATES. 23 GOLS A FAVOR E 11 CONTRA.

OBS2: NO CAMPEONATO TODO, EM 27 RODADAS, O FLU HAVIA VENCIDO APENAS 4 VEZES: SÃO PAULO, BOTAFOGO, SPORT E AVAÍ!!!

OBS3: QUERIA PARABENIZAR AO FLAMENGO, PELO HEXA. TEMOS A RIVALIDADE DOS TIMES, DAS TORCIDAS, ISSO EXSITE, MAS SEM VIOLÊNCIA, PORQUE O FUTEBOL, ANTES DE TUDO, É ALGO PARA ENTRETER, DIVERTIR. MAS QUE AS VITÓRIAS DO FLU CONTRA GALO, RAPOSA E PORCO E DO BOTAFOGO CONTRA O SÃO PAULO AJUDARAM, ISSO EU NÃO TENHO DÚVIDAS!!!!

OBS4: PELO SEGUNDO ANO CONSECUTIVO, O FLU TEM O CRAQUE DA GALERA. DEPOIS DE THIAGO SILVA EM 2008, CONCA GANHOU ESTE ANO. PARABÉNS AO MELHOR JOGADOR TRICOLOR DE 2009 E TALVEZ O MAIS REGULAR JOGADOR DESTE BRASILEIRO-09, QUE SE NÃO FOSSE A FRACA CAMPANHA DO FLU, PODERIA TER BRIGADO PELO TÍTULO DE CRAQUE DA COMPETIÇÃO!!!

OBS5: COMENTEI UMA VEZ QUE O QUE O FRED FAZIA FORA DE CAMPO ERA PROBLEMA DELE. E DEPOIS DISSO ELE RESPONDEU EM CAMPO COM GOLS, JOGADAS LINDAS, MOSTRANDO QUE É UM JOGADOR DIFERENCIADO E QUE DARÁ MUITAS ALEGRIAS AO FLUMINENSE!!!

OBS6: POR FIM, GOSTARIA DE AGRADECER AO CUCA E AOS OUTROS JOGADORES PELA GARRA, DEDICAÇÃO E CONSICIÊNCIA DE QUE ERAM CAPAZES DE SALAVAR O CLUBE DO REBAIXAMENTO!!!

PRÊMIO CRAQUE DO BRASILEIRÃO!

Bruno levanta a taça de hexacampeão brasileiro
Foto: UOL


Ontem a noite no Museu de Arte Moderna, no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro, foram escolhidos os melhores do Campeonato Brasileiro deste ano. Confira os premiados abaixo:

A seleção Bola de Ouro do Campeonato Brasileiro 2009 ficou assim formada: Victor (Grêmio), Jonathan (Cruzeiro), André Dias (São Paulo), Miranda (São Paulo) e Julio Cesar (Goiás); Hernanes (São Paulo), Guinhazu (Internacional), Diego Souza (Palmeiras) e Petkovic (Flamengo); Diego Tardelli (Atlético Mineiro) e Adriano (Flamengo).

A Seleção Bola de Prata do Campeonato Brasileiro 2009 ficou escalada com Marcos (Palmeiras), Leonardo Moura (Flamengo), Danilo (Palmeiras), Rever (Grêmio) e Armero (Palmeiras); Pierre (Palmeiras), Maldonado (Flamengo), Cleiton Xavier (Palmeiras) e Marcelinho Paraíba (Coritiba); Fred e Ronaldo (Corinthians)

A Seleção de Bola de Bronze ficou com Bruno (Flamengo), Vítor (Goiás), Chicão (Corinthians), Ronaldo Angelim (Flamengo) e Kleber (Internacional); Sandro (Internacional), Willians (Flamengo), Souza (Grêmio) e Conca (Fluminense); Fernandinho (Barueri) e Iarlei (Goiás).

Andrade, do Flamengo, foi escolhido o técnico Bola de Ouro do Prêmio Craque Brasileirão 2009. O técnico da Seleção Brasileira, Dunga, entregou o troféu a Andrade. Silas, que dirigiu o Avaí, foi escolhido o técnico Bola de Prata. Já Celso Roth, do Atlético Mineiro, foi o técnico Bola de Bronze. A torcida do Flamengo foi premiada com o troféu Torcida de Ouro. O troféu foi entregue ao presidente do clube, Márcio Braga.

Conca, do Fluminense, foi eleito pelos internautas o Craque da Galera. Mais de nove milhões de internautas elegeram Conca, que teve 51% dos votos e superou Petkovic, do Flamengo, e Hernanes, do São Paulo. Diego Souza foi eleito o melhor jogador do Brasileirão superando Petkovic e Adriano, ambos do Rubro-Negro carioca.

Héber Roberto Lopes recebeu o troféu de melhor árbitro do presidente da Comissão de Arbitragem, Sérgio Corrêa. Héber encerrou a hegemonia do gaúcho Leonardo Gaciba, que havia vencido as outras quatro edições do prêmio e ficou em segundo lugar. O paulista Paulo César Oliveira ficou em terceiro.

Fernandinho superou os jogadores Giuliano, do Internacional, e Paulo Henrique, do Santos e foi eleito a Revelação do Prêmio Craque Brasileirão 2009.

O grande momento da festa foi a entrega da Taça de HEXACAMPEÃO BRASILEIRO ao capitão do Flamengo, Bruno. O goleiro, na companhia dos jogadores campeões, integrantes da comissão técnica e dirigentes ergueu orgulhoso o troféu, todos muito aplaudidos pelo público presente no Vivo Rio.

No evento desta segunda-feira, a taça foi entregue ao campeão pelo presidente Ricardo Teixeira, pelo prefeito Eduardo Paes, pelo vice-governador Luiz Fernando Pezão, pelo ministro do Esporte, Orlando Silva, e pelo presidente do Clube dos 13, Fábio Koff.

HEXACAMPEÃO!

Ronaldo Angelim marca o gol do título
Foto: Globoesporte.com


Torcedores do Mais Querido do Brasil!

A manhã do domingo parecia valer por 48 horas ou simplesmente dois dias tamanha a aflição. A cada minuto a ansiedade tomava conta de cada torcedor rubro-negro visando o jogo das cinco horas da tarde diante do Grêmio, no Maracanã, que poderia dar o SEXTO título nacional para o Flamengo.

Ao meio-dia, as ruas no entorno do estádio já eram tomadas por um mar vermelho e preto que aumentava a maré a cada segundo. Próximo do início do jogo começar, a confusão do lado de fora do Maracanã contrastava com a tranquilidade e o clima de decisão nas arquibancadas lá dentro. Mais de 84 mil pessoas estiveram presentes para este dia que entrou para a história do clube.

Mas como todos sabem, nada vem fácil para o Mengão. Tudo é conquistado na base do suor, da dificuldade, da luta, da garra, da dedicação e lógico do apoio da Nação que sempre está ao lado do time nos momentos bons e ruins.

Quando o jogo começou, o nervosismo era evidente no semblante de cada jogador rubro-negro. Apesar de um time com muitos reservas, o Grêmio não parecia querer vender barato uma derrota para o Flamengo. Tanto é que abriu o placar aos 21 minutos em cobrança de escanteio. O jovem Roberson aproveitando-se da falha de marcação de Airton abriu o placar. Por alguns minutos, a torcida do Mengão ficou calada e atônita com o que estava acontecendo. Um filme naquele momento passava na cabeça de muitos vide os tropeços para Atlético-MG, Goiás e América, do México ao longo desses anos.

Entretanto, a partir daí, o time rubro-negro começou a se encaixar apesar de que Adriano não era o mesmo. Nas duas chances que teve a bola não encontrou o caminho das redes, mas aos 29 minutos, Airton que falhara no primeiro gol cabeceou duas vezes a bola dentro da área, Adriano dividiu a jogada com o zagueiro Léo e pediu pênalti por um suposto toque de mão do adversário, porém a bola sobrou limpa para o zagueiro Deivid que substituiu Álvaro suspenso e o camisa 40 não vacilou. Balaço para o fundo do gol. 1 a 1.

Até aquele momento, o hexacampeonato brasileiro estava nas mãos do Internacional que fazia sua parte no Beira-Rio. Ao fim do primeiro tempo, a esperança era a palavra de ordem no Maracanã.

Na volta do intervalo, o time retornou mais ligado e disposto a conquistar o caneco após um puxão de orelhas do técnico Andrade. Entretanto, com um meio-campo formado por três volantes o Flamengo não conseguia levar muito perigo ao Grêmio apesar da maior posse de bola. Então, Everton entrou na equipe na vaga de Toró após um tempo afastado por causa de uma fratura na perna. E o jogador deu uma qualidade a mais ao time atuando pela esquerda com auxílio de Juan. Petkovic sem uma grande atuação seria o próximo a sair para a entrada do chileno Fierro, mas antes disso, o sérvio teria que marcar seu nome em mais uma página da história do Flamengo. O gringo cobrou escanteio aos 24 minutos na cabeça do zagueiro Ronaldo Angelim que subiu no terceiro andar e colocou a bola no fundo do gol. 2 a 1. Era a virada do Mengão e a explosão no Maracanã e no Planeta!

Após o gol, Pet saiu ovacionado pelos torcedores. O Imperador ainda teve a chance de ampliar a vantagem, mas o goleiro Marcelo Grohe salvou. O camisa 1 do Grêmio foi um dos responsáveis por não permitir que Adriano se tornasse o artilheiro isolado do Campeonato Brasileiro. Defesas incríveis e salvadoras ao longo do jogo.

O Tricolor gaúcho ainda teve a oportunidade de empatar, mas a pontaria do atacante adversário não estava certeira. A equipe rubro-negra então começou a tocar a bola e esperar o apito final do árbitro Héber Roberto Lopes. Às 18h54min, o HEXA era nosso!

Parabéns a todos e principalmente ao técnico Andrade que apostou no experiente Petkovic e superou todas as críticas daqueles que não acreditavam no seu potencial como treinador. Ser campeão com o Flamengo não é fácil. Muitos tentaram e não conseguiram e após 17 anos, ele que já sabia como era ser campeão brasileiro quatro vezes com o Manto Sagrado como jogador agora teve a oportnidade de saborear o título como um verdadeiro comandante apagando todos os princípios de incêndio no clube ao longo do trabalho e unindo a equipe em busca de um único objetivo que foi a conquista do HEXACAMPEONATO BRASILEIRO!

Muitos anti-flamenguistas devem falar que estou equivocado quanto ao HEXA, mas se até a FIFA reconhece os seis títulos quem são vocês para falarem alguma coisa. Um recado ao presidente do Sport Silvio Guimarães. Enquanto ele se preocupa com o Mengão e não com a Segunda Divisão que o clube dele irá disputar em 2010 se quiser também me processe, pois o CLUBE MAIS QUERIDO DO BRASIL é HEXA, HEXA, HEXA, HEXA, HEXA, HEXA!!!!



UMA NOVA ERA...

O Flamengo conheceu ontem quem será o novo, ou melhor, a nova presidente no triênio 2010-2012. Será a ex-nadadora do clube, Patrícia Amorim. Pela primeira vez na história do Fla teremos uma mulher no cargo mais alto do Rubro-Negro.

Ela venceu a eleição com 792 votos dos 2.342 contabilizados nesta segunda-feira, na Gávea. Ou seja, menos da metade dos 5.315 sócios adimplentes participaram do pleito – nas últimas eleições, em 2006, foram 1.684 votantes.

Patrícia teve 93 votos a mais que o segundo colocado, Delair Dumbrosck, que foi votado por 699 sócios. Clóvis Sahione teve 388. Plínio Serpa Pinto conseguiu 311. Pedro Ferrer foi votado por 89 sócios. Lysias Itapicurú foi o menos votado: 49. Foram 11 votos em branco e três nulos.

Conheça agora um pouco sobre a nova presidente do Flamengo:

Patrícia Amorim Sihman é carioca e nascida no dia 13 de fevereiro de 1969. Ela foi 28 vezes campeã brasileira nos 200, 400, 800 e 1.500 metros livres como nadadora. Entre os anos de 1983 a 1989, superou 29 recordes sul-americanos e quebrou a ausência feminina de 16 anos do Brasil nas olimpíadas indo aos Jogos de Seul, em 1988, onde não chegou às finais, mas estabeleceu os recordes sul-americanos nos 200 e 400 metros livres.

Patrícia Amorim foi eleita em 2000 com 24.651 votos para a Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro com o lema de defender os interesses do esporte. Foi reeleita em 2004 e 2008.

Ontem, dia 7 de dezembro de 2009 foi eleita presidente do Clube de Regatas do Flamengo. Parabéns, Patrícia! Esperamos um mandato limpo, transparente e campeão não só no futebol como no remo, basquete, ginástica artística e em qualquer esporte que o Flamengo estiver participando.


domingo, 6 de dezembro de 2009

MEU FOGÃO É DA PRIMEIRA

Wellignton comemora o primeiro do Botafogo
Foto: Globoesporte.com

Torcedores do Glorioso,

Não queria neste momento estar comemorando a permanência na série A, já que o Botafogo é IMENSO e sua história e tradição pedem que o clube dispute o título em qualquer competição que entre. Entretanto, melhor estar vibranco com a primeirona, do que lamentar a queda para a segundona. Nosso time lutou até o fim, como havíamos pedido e ficamos no lugar que nos é de direito, e que não podemos sair jamais. Espero que ano que vem haja um melhor planejamento e que o clube consiga uma posição melhor.

Com a derrota para o Atléitico-PR (2x0) eu passei a não acreditar mais numa salvação do glorioso, mas de alguns dias para cá, uma onda de energia positiva tomou conta do torcedor alvinegro e comigo não foi diferente, passei a acreditar e ter certeza que a vitória viria. Só que sempre estando com um pé atrás, porque tem coisas que só acontecem ao Botafogo. E foi assim, nesse clima de EU ACREDITO NO MEU BOTAFOGO que o Glorioso foi a campo sob a festa da torcida alvinegra. Com gols de Wellington e Jóbson (fica!) o Bota venceu o Palmeiras por 2 a 1.

Parecia escrito no clima de hoje, a tarde não nos guardava contornos negativos. O Palmeiras, ainda lutando pela vaga na libertadores, chegou a tirar foto para o pôster de campeão, mas não contava que pela frente teria um Botafogo aguerrido, que fez do Engenhão um verdadeiro caldeirão que cozinhou, ainda cru, o porco paulistano. O tempero? à lá mestre Jóbson (fica!) com um toque de Wellington e Jéfferson.

A equipe palmeirense bem que tentou marcar, mas Jéfferson tratou de evitar todas as oportunidades com muita categoria. O Botafogo teve apenas duas grandes chances na primeira etapa: Após cruzamento de Alessandro, Lúcio Flávio cabeceou para o chão e tirou tinta do poste esquerdo de Marcos, aquele lance que seria lamentado durante um ano, se o Botafogo caísse. Já ao final do primeiro tempo, Reinaldo ganhou da defesa e quando estava de cara com Marcos, amarelou e praticamente recuou a bola para o goleiro.

A alegria foi guardada para o segundo tempo. E quando Lúcio Flávio cobrou falta para a área, Welington subiu mais que a zaga para dar início a festa no Engenhão. Ainda não era um resultado muito confortável, um gol do porco e o Bota cairia para a segundona. Alguns minutos depois, Renato apertou a fraca defesa do Palmeiras, e depois de duas tentativas, conseguiu achar Jóbson (fica!) livre dentro da grande área, ele só teve o trabalho de deslocar Marcos e ampliar a vantagem.

A torcida foi ao delírio no Engenhão e o Palmeiras não demonstrava reação, pelo menos não na bola, porque Diego Souza se estranhou com jogadores do Botafogo e partiu para a agressão física. Não eram nem 30 do segundo tempo quando a certeza de que o Glorioso estava na série A tomava conta do mais moderno do Brasil. A equipe sentia o momento e valorizava a posse de bola, sem se importar com a partida entre Fluminense e Coritiba.

O relaxamento característico do alvinegro depois dos 40 minutos, acabou gerando um gol do Palmeiras, de Robert que girou e jogou no cantinho, deixando Jéfferson estático. Reação da torcida? Mais apoio ao time, até porque, a esse momento, ninguém tinha dúvida de que o Bota permaneceria na primeira. Quando houve o apito final, um dos personagens do jogo, Jéfferson, ajoelhou dentro do gol que defendia e se jogou nas redes do estádio, demonstrando ali a reação de toda a torcida.

Estou muito feliz com a nossa permanência, mas temos que ser realistas, de todos os jogadores que atuaram hoje, apenas Jéfferson, Wellington, Renato e Jóbson, tem condições de permanecerem como titulares do Botafogo em 2010 todos os outros, podem servir como moedas de troca para tentar adquirir melhores jogadores, principalmente Lúcio Flávio, Fahel, Castillo, Léo Silva, Reinaldo e tantos outros.

Parabéns ao Futebol Carioca, temos que reconhecer também o título do Flamengo, que enalteceu mais ainda a subida de produção do futebol mais charmoso do país. E assim teremos as nossas quatro forças na primeira divisão de 2010, já que o Vasco levou o caneco da segundona e carimbou seu passaporte.

FICHA TÉCNICA:
BOTAFOGO 2 X 1 PALMEIRAS


Estádio: Olímpico João Havelange (Engenhão), Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 6/12/2009 - 17h (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva (Fifa/RS)
Auxiliares: Erich Bandeira (Fifa/PE) e Jose Antonio Chaves Franco Filho (RS)
Renda e público: R$ 300.279,00 / 38.717 presentes
Cartões amarelos: Diego (BOT); Deyvid Sacconi, Armero e Sandro Silva (PAL)

GOLS: Wellington, 10/2°T (1-0); Jobson, 19'/2°T (2-0); e Robert, 46'/2°T (2-1).

BOTAFOGO: Jefferson, Alessandro, Juninho, Wellington e Diego; Leandro Guerreiro, Fahel, Lucio Flavio (Jônatas, 43/2°T) e Renato (Thiaguinho, 25'/2°T); Jobson e Reinaldo (Victor Simões, 27'/2°T). Técnico: Estevam Soares.

PALMEIRAS: Marcos, Figueroa, Maurício Ramos, Danilo e Armero (Wendel, 25'/2°T); Pierre, Edmílson (Robert, 14'/2°T), Cleiton Xavier e Deyvid Sacconi (Sandro Silva, intervalo); Diego Souza e Vagner Love. Técnico: Muricy Ramalho.

ZUAÇÃO!

Delegação do Grêmio embarca para o Rio de Janeiro
Foto: Globoesporte.com


Recebemos dois e-mails irônicos quanto ao Grêmio e a "ajuda" que os tricolores darão ao Internacional esta tarde diante do Flamengo, no Maracanã. Veja abaixo!

"O Gremio vem mesmo disposto a derrotar o Flamengo e ajudar o Internacional a ser campeão do Brasil. Com exclusividade, apresentamos a escalação do Gremio para o jogão de domingo: Nelson Ned, Oscar Niemayer, Jô Soares e Zeca Pagodinho. Stevie Wonder e Cid Moreira. José Roberto Arruda, Beijoqueiro e Danilo Caymi. Boris Casoy e Wagner Montes. Tecnico: Cesar Maia, que será encarregado de planejar os ataques do Gremio, com a mesma precisão que usou para construiu a Cidade da Musica. O Gremio também vem com um massagista novo: Jason, da serra elétrica. Quem fizer gol no Flamengo terá a perna cortada..."

E a programação do Grêmio no Rio.

"Futebol tem rivalidade, mas essa rivalidade tem um limite. Por isso achei muito legal a programação que o Flamengo fez para recepcionar o Grêmio neste final de semana, no Rio. O roteiro foi elaborado com a ajuda do nosso colega Rafael Ruas e foi aprovado não só pelo Flamengo, como também pela diretoria do Grêmio.

Sábado – 12h: Chegada do Gremio ao Rio. Recepção das torcidas organizadas do Flamengo.

13h: Feijoada num restaurante da Avenida Atlântica, oferecida pela Raça Rubro-Negra. Presença de Neguinho da Beija-Flor.

15h: Pelada com pagode na Praia de Copacabana. Promoção de Adriano e Sandra de Sá. Cerveja liberada.

22h: Baile Funk na Vila Cruzeiro, com Adriano e seus amigos. Cerveja liberada de novo. Presença da Mulher Melancia, da Mulher Jaca, e da Mulher Chimarrão. Os jogadores solteiros terão direito a duas acompanhantes.

Domingo - 05h: Chegada dos jogadores ao Hotel na Barra. Alvorada festiva. Mini-campeonato de futevôlei com a turma do Romário.

08h: Ida à Buzios no ônibus do Flamengo. Batucada a bordo com a bateria da Mangueira. Presença dos chefes da torcida organizada do Flamengo no veiculo.

13h: Volta de Buzios. Recepção na casa de Adriano. No menu: Rabada e cerveja.

16h: Saida para o Maracanã. Presença dos jogadores do Gremio que ainda estiverem vivos.

17h: Maxi Lopez dá a saída para o jogão. Atrasa a bola para o goleiro, que estava dormindo encostado na trave esquerda. Gol do Flamengo. O goleiro do Tricolor Gaucho reclama do calor no Maracaã e é expulso. O massagista do Grêmio vai para o gol.

18h45min: Fim do jogo. A diretoria do Gremio lamenta a derrota por 19 a 0 e o fato do título não ter ido para o Internacional."

sábado, 5 de dezembro de 2009

UM DIA HISTÓRICO!

Adriano roe as unhas no treino do Flamengo
Foto: Vipcomm


Torcedores do Mais Querido do Brasil!

Tá chegando a hora! Amanhã será o dia mais importante do Flamengo no ano de 2009. A última partida do Campeonato Brasileiro, diante do Grêmio, no Maracanã, às 17 horas, poderá trazer o sexto título nacional ao clube mais importante do país após um longo período de jejum.

Evitando o clima de oba-oba na semana decisiva, a delegação do Flamengo viajou para Teresópolis e ficou na Granja Comary se preparando para este importante confronto. Adriano após o problema com um bolha no pé esquerdo está totalmente recuperado e pronto para encarar os gaúchos. Zé Roberto que sentira dores na coxa treinou normalmente e está confirmado. Deivid deve ser o companheiro de Ronaldo Angelim no setor defensivo já que Álvaro está suspenso.

O mais difícil adversário enfrentado pelos jogadores nesse momento é a ansiedade. Segundo o Imperador, ele não vê a hora do jogo começar: "Estou ansioso e nervoso para entrar em campo e tentar logo resolver". O meio-campo Toró garantiu que às vezes o sono só aparece a partir das 4 horas da manhã e enquanto isso o bate-papo e o baralho são as melhores saídas para driblar o pensamento que se restringe a este jogo do final de semana.

Até mesmo o experiente Andrade, pentacampeão como jogador (quatro títulos pelo Flamengo e um pelo Vasco) se mostra ansioso em entrevista ao Globoesporte.com: "Aumentou um pouco a ansiedade, mas nada que venha a atrapalhar. O domingo demora cada vez mais para chegar. Isso faz parte do ser humano. Tem de saber administrar a ansiedade, não só eu, mas os jogadores mais velhos e mais novos."

Agora o importante é tirar lição do jogo contra o Goiás, no Maracanã, partida aquela que poderia colocar o Mengão na liderança da competição. Mesmo com uma equipe mesclada com reservas, o Grêmio não poder ser visto como um time já derrotado, pois justamente aí é que mora o perigo. A humildade e o foco na conquista do título é essencial. Exemplos de jogos ganhos e que a vitória escapou não faltam. Esperamos que dessa vez isso não aconteça e o slogan "Deixou chegar..." faça prevalecer para a alegria de toda a Nação Rubro-Negra no Brasil e no Mundo!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

PREPAREM-SE!

Presidente da FERJ, Rubens Lopes (dir.) no arbitral da Segundona
Foto: FERJ / Uruan Junior

O Campeonato Carioca da Segunda Divisão já tem data marcada para começar: 20 de fevereiro. Após conselho arbitral, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro decidiu que a competição terá início já no primeiro semestre, ao contrário das temporadas anteriores.

A fórmula de disputa permanece a mesma: dois grupos de 10 equipes, com cinco se classificando de cada uma das duas chaves, formando uma nova disputa por duas vagas na elite; o rebaixamento fica por conta dos seis piores índices técnicos, que brigarão para fugir dor três lugares reservados para a Série C.

Estácio de Sá e Teresópolis têm um prazo de 10 dias para confirmar presença no torneio. Ceres e Itaperuna, que retomaram suas atividades, também entram na disputa.

Confira a tabela completa da Série B!


quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

QUANTA RESPONSABILIDADE!


Heber Roberto Lopes terá uma responsabilidade a mais neste domingo, no Maracanã. Ele será o responsável pela partida que pode dar o título ao Flamengo, o sexto do clube na história do Brasileirão. Sandro Meia Ricci, do Distrito Federal, que também estava concorrendo para esta partida, vai apitar São Paulo x Sport, no Morumbi, em outro jogo que vale pela disputa do título.

No jogo entre Internacional e Santo André, no Beira-Rio, que pode decidir o campeão e um rebaixado, o árbitro será o baiano Jailson Macedo Freitas. O gaúcho da Fifa Leonardo Gaciba vai apitar Botafogo e Palmeiras. Já Coritiba e Fluminense, que pode decidir um time rebaixado para a Segundona do ano que vem, terá arbitragem de outro gaúcho: Leandro Pedro Vuaden.

Quanta responsabilidade nesta última rodada. Estejam bem atentos, senhores!

Confira a escala de arbitragem:

Sábado, 05/12

19h30m - Atlético-MG x Corinthians - Mineirão, em Belo Horizonte
Árbitro: Wagner Tardelli Azevedo
Assistentes: Marco Antonio Martins (SC) e Alcides Zawaski Pazetto (SC)

19h30m - Náutico x Avaí - Aflitos, no Recife
Árbitro: João Alberto Gomes Duarte (RN)
Assistentes: Lorival Candido das Flores (RN) e Griselildo de Souza Dantas (PB)

Domingo, 06/12

17h - Flamengo x Grêmio - Maracanã, no Rio de Janeiro
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa PR)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa BA) e Carlos Berkenbrock (Fifa SC)

17h - Internacional x Santo André - Beira-Rio, em Porto Alegre
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Belmiro da Silva (BA) e Adson Marcio Lopes Leal (BA)

17h - Botafogo x Palmeiras - Engenhão, no Rio de Janeiro
Árbitro: Leonardo Gaciba da SIlva (Fifa RS)
Assistentes: Erich Bandeira (Fifa PE) e José Antònio Chaves Franco Filho (RS)

17h - São Paulo x Sport - Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)
Assistentes: Enio Ferreira de Carvalho (DF) e Cesar Augusto de Oliveira (DF)

17h - Santos x Cruzeiro - Vila Belmiro, em Santos
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa RJ)
Assistentes: Hilton Moutinho Rodrigues (Fifa RJ) e Diberto Pedrosa Moisés (Fifa RJ)

17h - Coritiba x Fluminense - Couto Pereira, em Curitiba
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa RS)
Assistentes: Marcio Eustáquio S. Santiago (Fifa MG) e Paulo Ricardo Silva Conceição (RS)

17h - Barueri x Atlético-PR - Eduardo José Farah, em Presidente Prudente
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa MG)
Assistentes: Helberth Costa Andrade (MG) e Jair Albano Felix (MG)

17h - Vitória x Goiás - Barradão, em Salvador
Árbitro: Salvio Spinola Fagundes Filho (Fifa SP)
Assistentes: Ednilson Corona (Fifa SP) e Nilson de Souza Monção (SP)

90 MINUTOS PARA O HEXA!

Jogadores agradecem ao apoio no fim do jogo
Foto: Vipcomm


Torcedores do Mais Querido do Brasil!

Após 17 anos teremos o prazer de ver o Flamengo campeão novamente do Campeonato Brasileiro. A ansiedade toma conta de toda a Nação Rubro-Negra. A vitória do último domingo sobre o Corinthians por 2 a 0 foi suficiente para encher de esperança o Rubro-Negro em buscar do hexa. A primeira colocação veio após muita competência e garra além da derrota do São Paulo para o Goiás, no Serra Dourada.

O técnico Andrade conseguiu colocar um padrão de jogo ao Flamengo do jeito que a torcida gosta. Ofensivo mesmo com o meio-campo reforçado pela marcação de três volantes (Airton, Willians e Toró). O diferencial deste setor foi a evolução na saída de bola e o sérvio Petkovic que desequilibra com os passes precisos e os gols importantes nos momentos mais decisivos.

Airton que apesar de ser um guerreiro em campo era muito criticado pelo seu jeito desengonsado vem melhorando a cada rodada e tem se tornado um jogador essencial para a dupla titular da zaga rubro-negra Alvaro e Ronaldo Angelim. Dupla esta que apesar da idade possui a competência e a experiência necessária para manter a tranquilidade na casa.

Juan retornou da contusão em um nível inferior dos demais, porém é um atleta importante para o esquema tático do Flamengo. Léo Moura vem crescendo também e foi o autor do gol de misericórdia contra o clube paulista na última rodada.

Mesmo sem Adriano que não pôde jogar devido a uma queimadura no pé esquerdo, o Mengão não deixou a "peteca cair" e manteve o padrão de jogo. Bruno Mezenga está longe de ser o substituto ideal para o Imperador, mas mesmo com a limitação técnica, o jovem foi importante para atriar a atenção da zaga alvinegra com o seu porte físico. O grande problema do Flamengo são as opções para o ataque. Qunado o técnico Andrade olha para o banco vê: Gil, Bruno Mezenga e Dênis Marques. Juntos não conseguem formar um jogador. Grandes "bondes"!

Quem superou todas as críticas e colocou a cabeça no lugar foi o meia-atacante Zé Roberto. Mesmo sem o fiel escudeiro de ataque ele foi capaz de mostrar que também pode ser decisivo e com a velocidade e a qualidade marcou o primeiro gol contra o Corinthians que abriu o caminho para a vitória.

O goleiro Bruno é indiscutível falar dele. É uma pena o treinador da Seleção Brasileira convocar o camisa 1 da Roma, Doni, e deixar de fora o melhor goleiro do Brasil.

Parabéns aos jogadores que após a partida manteram a calma e a humildade e deixaram de lado o clima de oba-oba que os torcedores já começaram a criar. A viagem para Teresópolis pode ter sido a melhor maneira para fugir desta situação que toma conta do Rio de Janeiro. Um exemplo claro foi a enorme fila no Maracanã para a compra dos últimos cinco mil ingressos que restavam para o jogo diante do Grêmio, no próximo domingo.

Para quem começou o ano com desconfianças perdendo até vaga na final da Taça GB no Estadual para o Resende e terminando a temporada com o maior título nacional, isso sim, é o sonho de qualquer torcedor. O que vale ressaltar é que faltam 90 minutos para os torcedores rubro-negros soltarem o grito de ''HEXACAMPEÃO!''.

Um ano feliz para todos os cariocas quem sabe com o título da Série B do Vasco, título da Série A para o Flamengo, título da Sul-Americana de maneira incrível para o Fluminense e nenhum clube caindo para a Segunda Divisão.

Aguenta, São Paulo!

domingo, 29 de novembro de 2009

A HORA É ESSA!


Dez jogos simultâneos. Às 17h deste domingo (horário de Brasília), tem início a 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, que pode tanto decretar o heptacampeonato do São Paulo quanto ver o Flamengo assumir a ponta e, até mesmo, terminar com Inter e Palmeiras de volta à briga pelo título. Na parte de baixo da tabela, seis clubes tentam garantir mais uma semana de fôlego na briga contra o rebaixamento na competição.

As esperanças são-paulinas se apoiam em uma combinação de tropeços dos concorrentes: além de ter de vencer o Goiás, no Serra Dourada, o líder Tricolor, com 62 pontos, torce por uma derrota do Fla e para que Palmeiras e Inter não vençam suas partidas.

- Precisamos manter o equilíbrio durante os 90 minutos. Não mostramos o nosso verdadeiro futebol nos começos das partidas. E isso preocupa contra o Goiás. Afinal, eles já demonstraram no jogo contra o Flamengo que entrarão em campo buscando a vitória – disse o técnico tricolor Ricardo Gomes.

Na cola do time do Morumbi, com 61 pontos, o Rubro-Negro encara o Corinthians, em Campinas. A equipe, que foi surpreendida pela perda de seu artilheiro Adriano às vésperas do duelo com Ronaldo e Cia., sonha com um novo tropeço do Tricolor. Na rodada passada, os paulistas perderam para o Botafogo e deixaram o caminho livre para que o time da Gávea assumisse a liderança. Oportunidade esta que não foi aproveitada, já que os cariocas empataram sem gols com o Esmeraldino diante de um Maracanã lotado.

Dois outros duelos completam a briga pelo posto mais alto da classificação. No Palestra Itália, o Verdão, com 59 pontos – atacado em uma emboscada no fim da tarde deste sábado –, recebe o Atlético-MG, com 56, em confronto direto por uma vaga na Libertadores. O Colorado, também com 59, vai à Ilha do Retiro encarar o já rebaixado Sport.

Se a briga pela taça foi a mais acirrada dos tempos do Brasileirão por pontos corridos, a disputa ainda pode chegar ao seu ponto máximo. Caso os tricolores paulistas sejam derrotados, os rubro-negros voltem a empatar e tanto Palmeiras quanto Inter saiam vitoriosos de seus jogos, a rodada do domingo, 6 de dezembro, verá o embate entre quatro equipes empatadas com 62 pontos. Nesse caso, o Inter assumiria a ponta pelo critério de desempate por vitórias - 18 a 17 sobre os rivais - e o Palmeiras ficaria com a vice-liderança, pelo saldo de gols.

Ainda com chances matemáticas de ser campeão, mas focado na briga por uma vaga no G-4 e impulsionado pela rivalidade com os atleticanos, o Cruzeiro (56) pega o Coritiba, do técnico Ney Franco, um dos envolvidos na briga contra a degola, na 14ª colocação, com 44 pontos.

O Fluminense tenta se refazer da goleada sofrida para a LDU na quarta-feira (5 a 1) e recebe o Vitória, no Maracanã, em jogo que pode tirar os tricolores do Z-4 pela primeira vez desde a décima rodada. Os baianos, na 13ª colocação, com 47 pontos, vão a campo pela primeira vez após o anúncio de que o técnico Vagner Mancini está de saída do clube, motivados pela disputa por uma vaga na Sul-Americana.

- Temos que ser inteligentes e saber diferenciar. Estamos com cinco vitórias seguidas no Campeonato Brasileiro. Será que vamos deixar tudo isso ir por água abaixo? Vamos lutar com todas as forças para conseguirmos a vitória e a saída da zona de rebaixamento – disse Cuca, preocupado com os efeitos da derrota em Quito.

A guerra contra a degola tem dois confrontos diretos. Na Arena da Baixada, o Atlético-PR recebe o Botafogo em duelo que pode condenar uma das duas equipes à zona de rebaixamento, em caso de vitória do Flu. No ABC Paulista, Santo André e Náutico – ambos com 38 pontos - se agarram ao que resta de chances de permanecer na elite do futebol brasileiro. Além do desespero, os times dividem duas obrigações: vencer e torcer para que haja um vencedor no confronto entre Furacão e Alvinegro. Em caso de empate em Curitiba, Ramalhão e Timbu dão adeus à Primeira Divisão já neste domingo.

Apenas duas partidas da penúltima rodada não interferem diretamente nas duas extremidades da tabela. No Olímpico, Grêmio e Barueri duelam, em jogo cuja principal atração é a despedida do meia Tcheco da torcida gaúcha. Na Ressacada, o técnico Silas faz sua penúltima partida no comando do Avaí contra o Santos, de Vanderlei Luxemburgo.


Jogos deste domingo:

17h - Corinthians x Flamengo
17h - Palmeiras x Atlético-MG
17h - Santo André x Náutico
17h - Atlético-PR x Botafogo
17h - Grêmio x Barueri
17h - Fluminense x Vitória
17h - Goiás x São Paulo
17h - Sport x Internacional
17h - Cruzeiro x Coritiba
17h - Avaí x Santos

Fonte: Globoesporte.com

DÁ-LHE AMÉRICA E OLARIA!

Romário levanta a taça com a camisa do América em Edson Passos
Foto: Globoesporte.com

O Rio de Janeiro já conheceu os dois clubes que estarão incorporados a elite do futebol carioca em 2010. O América retorna após ser rebaixado em 2008 e o Olaria volta após amargar alguns anos na Segundona.

O América conseguiu o acesso com uma rodada de antecedência e de quebra conquistou o título da Série B com o Baixinho Romário em campo. O eterno camisa 11 atuou no segundo tempo da partida vencida pelo Alvirrubro por 2 a 0 sobre o Artsul, no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita. O zagueiro Ciro marcou os dois gols. O América não comemorava um título há 27 anos - em 1982, o clube ganhou a Copa dos Campeões e a Taça Rio (segundo turno do Estadual).

Romário não conseguiu marcar o gol de número 1003, mas esteve bem próximo. A qualidade e a categoria foi a habitual, porém aos 43 anos o preparo físico está longe daquele que o consagrou com camisas de grandes clubes do mundo como Barcelona, Vasco, Flamengo e agora o América. O jogador teve duas ocasiões para marcar. Na primeira chance com um toque sutil ele encobriu o goleiro, mas a bola se perdeu pela linha de fundo. Na segunda oportunidade o chute tinha a direção do gol, mas o zagueiro interceptou.

Para coroar a conquista, na última rodada do Estadual, o Mequinha venceu o Sendas fora de casa por 2 a 1. Um ótimo presente a essa torcida em especial a Tia Ruth, torcedora símbolo do clube.

Já o Olaria sofreu um pouco mais para garantir o acesso. Atuando fora de casa, o time alvianil sofreu um gol, mas teve competência para virar o jogo sobre o Riostrense (3 a 1). Foram 36 jogos até a torcida soltar o grito e dizer que é time de primeira! Longe dos guerreiros da Bariri, a festa na sede do clube foi regada de muito samba com a Imperatriz Leopoldinense. (Veja o vídeo)

É bom saber que clubes como o América e o Olaria estão de volta a elite do futebol carioca. Serve de lição para outras tradicionais equipes como São Cristovão, Bonsucesso, Goytacaz e Portuguesa se prepararem melhor e terem um planejamento para seguir os passos de vitoriosos.



VIDEOBLOG - FESTA NA BARIRI

domingo, 22 de novembro de 2009

JASON? SÓ CONHEÇO O JÓBSON

Em tarde de gala, Jóbson comemora o primeiro
Foto: AGIF
Torcedores do Glorioso,

ANTES DO JOGO: BOTAFOGO 3x2 SÃO PAULO

O São Paulo será o campeão brasileiro de 2009. Só tem baba pela frente. - Mílton Neves, apresentador do "Terceiro Tempo", da Rede Bandeirantes.

O Botafogo que me perdoe, mas se depender do São Paulo, eles serão rebaixados. - Rogério Ceni, goleiro do São Paulo, através de seu twitter pessoal.

APÓS O JOGO: BOTAFOGO 3x2 SÃO PAULO

Esse jogo decidiu o campeonato, o Clube de Regatas do Flamengo será o campeão brasileiro - Mílton Neves, apresentador do "Terceiro Tempo", da Rede Bandeirantes.

Não tenho o que reclamar do nosso time hoje, o Botafogo foi melhor e mereceu vencer. - Rogério Ceni, goleiro do São Paulo, em entrevista após o jogo.

Mais do que um jogo, esse Botafogo e São Paulo mostrou que nós, botafoguenses, ainda podemos dar um voto de confiança ao time. Esse jogo, diferentemente do que disse Mílton Neves, não decidiu o título do campeonato, mas pode ter decidido o rebaixamento, pelas contas, o Bota precisa apenas fazer um "jogo de compadre" diante do Atlético-PR, na Arena, para se livrar de vez do risco de cair.

Você, que é botafoguense e hoje torceu para um tropeço do Botafogo diante do tricolor paulista, não é botafoguense, é anti-flamenguista, e esse tipo de torcedor não merece torcer por um dos clubes mais apaixonantes desse país. Portanto, independente de ajudar o Flamengo ou não, torci como nunca pelo Botafogo, pois precisávamos do resultado para seguir com chances de permanecer na primeira.

Ainda com os times se armando taticamente em campo, o glorioso conseguiu sair na vantagem. Após passe de Reinaldo, Jóbson recebeu pelo lado esquerdo, limpou Renato Silva e acordou a coruja no ângulo esquerdo de Rogério Ceni que ficou estático. Botafogo 1 a 0.

Depois do gol, o Bota pareceu não acreditar que estava em vantagem no jogo, então começou a jogar recuado à espera do intervalo, e para isso contava com os gandulinhas, que atrasavam a reposição de bola. Porém o São Paulo encontrava espaços, mas só aos 42 conseguiu boa chance, que foi interceptada por Jéfferson. O Botafogo respondeu com Jóbson, que ficou cara a cara com Ceni, mas acabou perdendo.

O tricolor respondeu quando Miranda acertou a trave de Jéfferson, vendido no lance. De tanto insistir a equipe paulista marcou. Após cruzamento na área, Washington ganhou de Wellington pelo alto e acertou o cantinho para empatar a partida aos 50 minutos. Foi exatamente o que deu a entende. O jogo só acabaria se o São Paulo empatasse o jogo.

Na volta para o segundo tempo, Victor Simões substituiu o apagadinho Reinaldo. O glorioso sentiu o gol de empate ao fim do segundo tempo e isso gerou reflexos na segunda etapa. Aos 11 minutos, Jorge Wágner aproveitou bobeira da zaga e encheu o pé esquerdo para deixar o tricolor em vantagem. 2 a 1. De maneira inacreditável o Bota igualou tudo no ataque seguinte, depois de muita confusão na grande área, Jóbson tocou de pé direito e Renato apareceu de cabeça para concluir e empatar. 2 a 2.

A essa altura o alvinegro amargava a zona de rebaixamento, já que o Fluminense vencia a sua partida diante do Sport, em Recife. Com pouco mais de 20 minutos, a torcida do Botafogo começou a sentir que o contorno do jogo estava favorável, Richarlysson foi expulso. A vantagem de um homem a mais durou pouco, Juninho fez falta feia e foi para o chuveiro mais cedo.

Com dez homens de cada lado, a partida ficou aberta. O São Paulo se aproveitou e Hernanes acertou um travessão com um chutaço do meio da rua. O jogo ganhava contornos trágicos, o empate não era bom para ninguém, a partir dos 42 minutos, a partida passou a ser transmitida para todo o Brasil, devido ao término da vitória do Fluminense. Depois de chutão de Jéfferson, Victor Simões ganhou no alto, Jóbson invadiu a área driblando o zagueiro e concluiu com categoria para deixar novamente o Botafogo em vantagem. 3 a 2. Na comemoração ele foi expulso por tirar a camisa, logo depois, Rodrigo Dantas também levou o vermelho, nada que impedisse a épica vitória alvinegra.

FICHA TÉCNICA:
BOTAFOGO 3 X 2 SÃO PAULO

Estádio: Olímpico João Havelange (Engenhão), Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 22/11/2009 - 17h (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Aspirante Fifa-DF)
Auxiliares: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa-BA)
Renda/público: R$ 270.536,00 / 26.513 pagantes
Cartões amarelos: Renato e Jobson (BOT); Renato Silva, Richarlyson e Wellington (SAO)
Cartões vermelhos: Richarlyson, 25'/2ºT (SAO), Juninho, 38'/2°T (BOT), Jobson, 43/2°T (BOT) e Rodrigo Dantas, 48'/2°T (BOT)


GOLS: Jobson, 14'/1°T (1-0); Washington, 49'/1°T (1-1); Jorge Wagner, 10'/2°T (1-2); Renato, 13'/2°T (2-2); Jobson, 43'/2°T (3-2)

BOTAFOGO: Jefferson, Alessandro, Juninho, Wellington e Diego; Leandro Guerreiro, Fahel (Rodrigo Dantas, 35'/2°T), Lucio Flavio e Renato (Jônatas, 32'/2°T); Jobson e Reinaldo (Victor Simões, intervalo). Técnico: Estevam Soares.


SÃO PAULO: Rogério Ceni, Renato Silva, Miranda e Richarlyson; Adrián González (Wellington, 26'/2°T), Arouca (Zé Luiz, 18'/2°T), Hernanes, Jorge Wagner e Junior Cesar; Marlos (Henrique, 39'/2°T) e Washington. Técnico: Ricardo Gomes.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

COPA SÃO PAULO DE JUNIORES!

Flamengo está no Grupo S da Copa SP de Juniores
Foto: Globoesporte.com

A Federação Paulista de Futebol divulgou nesta quinta-feira os grupos e o regulamento para a disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2010. Com 92 clubes divididos em 23 grupos, a competição vai de 3 a 25 de janeiro. Na primeira fase, as equipes jogam entre si em turno único, classificando-se as primeiras de cada chave, além dos nove melhores segundos colocados. A novidade desta edição fica por conta do torneio ter representantes da Arábia Saudita e África do Sul, porém os times ainda não foram decididos.

Confira os grupos da competição e suas respectivas sedes:

Grupo A - Taboão da Serra

Taboão da Serra-SP
Cruzeiro
Rio Preto-SP
São José-RS

Grupo B - Capão Bonito

São Bento-SP
Paraná
Barueri-SP
Marília-MA

Grupo C - Limeira

Inter Limeira–SP
Internacional
Mogi Mirim-SP
Pernambucano-PE

Grupo D – Campinas

Campinas-SP
Brasiliense
Ponte Preta
Vilavelhense-ES

Grupo E - Louveira

Guarani-SP
Fluminense -BA
Botafogo-SP
Funorte-MG

Grupo F - São Bernardo Do Campo

São Bernardo-SP
Fluminense-RJ
Primeira Camisa-SP
Representante África Do Sul

Grupo G - Indaiatuba

Primavera-SP
Vitória-BA
Santo André
Santana- AP

Grupo H – Jaguariúna

São Paulo
Avaí
Csa-AL
Operário-MS

Grupo I - Ribeirão Preto

Olé Brasil-SP
Atlético-MG
Fortaleza-CE
América-SP

Grupo J - Mogi Guaçu

Juventude-RS
Vila Nova-GO
Juventus-SP
XV de Piracicaba-SP

Grupo K – Araraquara

Ferroviária-SP
Corinthians
Vila Aurora-MT
Araguaiana-TO

Grupo L – Americana

Rio Branco-SP
América-MG
São Caetano
Americano-MA

Grupo M – Vinhedo

Paes-SP
Coritiba
Sertãozinho-SP
Paraibano-PB

Grupo N – São José dos Campos

São José-SP
Grêmio
Nacional-AM
Confiança-SE

Grupo O – Araras

União São João-SP
Vasco
Sorocaba-SP
CFZ - RJ

Grupo P – Rio Claro

Rio Claro-SP
Santos
ABC-RN
Comercial-MS

Grupo Q – Porto Feliz

Desportivo Brasil-SP
Figueirense
Ceará
União Barbarense-SP

Grupo R – Leme

Lemense – SP
Bahia
Marília-SP
Porto-PE

Grupo S – Taubaté

Taubaté-SP
Flamengo-RJ
Paulista-SP
Shallon-RO

Grupo T – São Carlos

São Carlos-SP
Palmeiras
Sorriso-MT
Rio Branco-AC

Grupo U - Paulinia

Paulínia-SP
Atlético-PR
Remo
Representante da Arábia Saudita

Grupo V – Guarulhos

Flamengo-SP
Goiás
Portuguesa
Atlético-RR

Grupo X – São Paulo

Nacional-SP
Botafogo-RJ
Desportiva-ES
Piauí-PI

VAMOS, FOGÃO!



É isso mesmo. Com uma vitória de meio a zero do Botafogo sobre o São Paulo, domingo, no Engenhão e uma simples conquista diante do Goiás, no Maracanã, o Flamengo se torna o líder do Campeonato Brasileiro restando duas rodadas para o fim.

O que pode ajudar o Alvinegro é a possível ausência de três importantes jogadores do Tricolor Paulista. Borges, Dagoberto e Jean serão julgados nesta quarta-feira pelo STJD. Os atacantes correm o risco de uma suspensão maior: Borges pode pegar de 120 a 540 dias, e Dagoberto de dois a seis jogos.

Pensando nesses desfalques, o técnico Ricardo Gomes testou uma mudança tática que deve ser posta em prova aqui no Rio de Janeiro. Como André Dias e Hugo também estão suspensos, o treinador deve mandar a campo o time no 3-6-1. Washington seria o único jogador do setor ofensivo.

Em compensação o clima em General Severiano não está nada agradável. Ontem, no treinamento na sede do clube duas confusões envolvendo jogadores terminou com a atividade antes do previsto. Os ânimos exautados dos atletas foi amenizado pelo comandante alvinegro Estevam Soares.

De qualquer forma a esperança está presente nas palavras do presidente Maurício Assunção que utilziando-se da hipérbole garantiu que tem 1000% de certeza de que o Fogão não vai para a Segunda Divisão em 2010.

Porém não adianta o Glorioso fazer a sua parte se o Fla não vencer o Goiás. A torcida já esgotou os ingressos e promete uma linda homenagem nas arquibancadas. Em campo, o técnico Andrade não vai poder contar com o meio-campo Maldonado. O jogador se contundiu no amistoso diante da Eslováquia ontem.

Com isso quem deve permanecer na equipe é Toró. O jogador que foi mais uma vez o cão-de-guarda da zaga ao lado de Airton no jogo contra o Náutico, nos Aflitos dará conta do recado. O "Queridinho do Papai Joel" mostrou que tem possibilidade de ser titular nesta reta final do Brasileirão sem comprometer. O pentacampeão Kléberson deve estar de volta e ser mais uma opção para o treinador neste setor.

O Campeonato Brasileiro nunca esteve tão emocionante e até o Botafogo que briga para não cair pode decidir a competição nacional. Vamos Fogão, pra cima deles!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

SUBINDOIS!

Adriano, Pet, Zé Roberto e Willians comemoram mais uma vitória rubro-negra
Foto: Vipcomm


Torcedores do Mais Querido do Brasil!

O Flamengo vai decolando a cada rodada no Campeonato Brasileiro. No primeiro turno com os vários desfalques, saídas de jogadores, não poderíamos acreditar em uma reação tão expressiva. A molecada não conseguiu segurar o rojão que é defender a camisa rubro-negra dentro de uma competição tão equilibrada, mas com a chegada de jogadores de nível como Alvaro, Maldonado, Adriano e o próprio Petkovic que até então era visto com outros olhos pela antiga diretoria de futebol provou que é importante para o Flamengo.

O time ganhou experiência e mesclando com a juventude de meninos como Airton, Everton (que acabou se machucando e não defende mais o Mengão neste ano), Lennon, Wellington, Mezenga e outros, o Mengão ressurgiu. Mas isso tudo tem uma explicação maior que atende pelo nome de além: Andrade, que foi efetivado no comando da equipe pelo vice-presidente de futebol Marcos Braz. O clube de maior torcida do Brasil tem tudo para conquistar o HEXACAMPEONATO BRASILEIRO.

O São Paulo venceu na última rodada, tudo bem, mas o Flamengo também fez o seu papel ao derrotar o Náutico, nos Aflitos, pelo placar de 2 a 0, gols de Adriano e Petkovic. Mesmo com a ausência de Juan e o veto do Departamento Médico a Everton Silva momentos antes da bola rolar não foram suficiente para desestabilizar o grupo e o treinador rubro-negro soube armar a equipe dando um nó tático em Geninho.

O Brasileirão se afunila a cada rodadachegou e na 36ª rodada, o Goiás vai tremer diante da Nação que estará presente novamente no Maracanã esgotando todos os ingressos uma semana antes do confronto. Além de fazer a sua parte, o Flamengo torce a favor do Botafogo. Isso mesmo, do Alvinegro. Tudo porque, o Glorioso enfrenta o Tricolor Paulista, no Engenhão e qualquer tropeço do time do Morumbi será essencial para o Fla chegar a liderança já que a diferença está em dois pontos (62 a 60).

Andrade comanda hoje o primeiro treinamento apronto para o jogo diante do Esmeraldino. E vale lembrar que dar uma forcinha ao Botafogo no Engenhão não custa nada. Nesse momento o rival se torna um irmão de sangue, fé e luta. Luta esta que o Botafogo terá que correr atrás para se livrar do rebaixamento já que o Fluminense vem em uma crescente. Me arrisco a dizer que hoje somente um clube pode fazer frente ao Fla: Fluminense. É brincadeira o que esse time tá jogando!

Para o próximo jogo, Andrade terá todos os jogadores a disposição. Depois de passar quatro anos como auxiliar, o ídolo Andrade tem a possibilidade de conduzir o time mais popular do país ao título após 17 anos de jejum.

Vamos Flamengo, Vamos Ser Campeões!!

domingo, 15 de novembro de 2009

BOTA LEVA BAILE DO REAL MADRID

Val Baiano comemora mais um dos merengues
Foto: Globoesporte.com
Torcedores do Glorioso,

O Botafogo foi até São Paulo encarar o Real Madrid(ESP) pelo returno do campeonato brasileiro. Aliás, o adversário foi o Barueri, mas bem que pareceu o time espanhol, não só pelo uniforme todo branco, mas também pela postura do Botafogo diante dos paulistas, uma postura covarde e defensiva numa partida em que o alvinegro tinha que vencer de qualquer maneira. Val Baiano deu show e marcou três vezes na goleada por 3 a 0. Isso porque Estevam Soares conhece como jogam todos os jogadores do Barueri e poderia montar um esquema mais adequado.

Com todo respeito ao time do Barueri, que é uma equipe bem montadinha e sabe se portar em campo, além de ter um meio-campo certinho e um atacante matador, mas não pode o BOTAFOGO jogar para empatar ou perder de pouco, contra o Barueri, qualquer resultado que não seja a vitória, é ruim. Mas o time atual não entende isso e se coloca em campo como o pior time do campeonato.

O Barueri se aproveitou da inoperância alvinegra para tomar conta do jogo. Aos 27 minutos, veio o primeiro gol. Depois de bola na área, Val Baiano dominou de forma duvidosa e encheu o pé na saída de Jéfferson que nada pode fazer. 1 a 0. Mesmo atrás no placar, o Botafogo seguia com a sua postura acuada, e sem dúvida nenhuma, hoje o Botafogo fez sua segunda pior partida em todo o campeonato, só ficando atrás da derrota por 4 a 1 para o Goiás, no Engenhão.

Carregando o jogo até o final, o Botafogo foi ficando feliz com o resultado que até então era uma vitória para o alvinegro, afinal, apenas 1 a 0 para o Real Madrid no Santiago Bernabéu, é um ótimo resultado.

No segundo tempo, nem deu tempo para se acostumar com a troca de lado e o Barueri marcou. Depois de bola alçada na área, Val Baiano pegou de primeira no cantinho, sem chances para Jéfferson. 2 a 0. A essa altura, o Botafogo já demonstrava não querer mais saber do jogo, a hora era de segurar o resultado, em nenhum momento o Bota pareceu melhor na partida e próximo de marcar.

Já ao final do jogo, Juninho foi para a marcação andando e depois de rolada para a área, Val Baiano apareceu livre apenas para escorar no cantinho de Jéfferson. Festa na Arena Barueri diante de um Botafogo apático. Se não jogar como vinha jogando ultimamente, começaremos a pensar em como será nosso caminho de volta a primeira divisão em 2011.

FICHA TÉCNICA:
BARUERI 3 X 0 BOTAFOGO

Estádio: Arena Barueri, Barueri (SP)
Data/hora: 15/11/2005 - 17h (de Brasília)
Árbitro: Jaílson Macedo Freitas (BA)
Auxiliares: Adson Márcio Lopes Leal (BA) e Adaílton José de Jesus Silva (BA)
Renda/público: R$ 65.130,00 / 3.432 pag.
Cartões amarelos: Bruno Ribeiro, Everton, Henrique (BAR); Léo Silva (BOT)
Cartões vermelhos: Não houve


GOLS: Val Baiano, 28'/1ºT (1-0); Val Baiano, 7'/2ºT (2-0); Val Baiano, 47'/2ºT (3-0).

BARUERI: Renê, Xandão, Daniel Marques e Leandro Castán; Bruno Ribeiro (Eder, 20'/2ºT), Everton (Márcio Hahn, 29'/2ºT), Ralf, Thiago Humberto e Márcio Careca; Flavinho (Henrique, 20'/2ºT) e Val Baiano. Técnico: Luis Carlos Goiano.


BOTAFOGO: Jefferson, Alessandro (Marquinho, 25/2ºT), Juninho, Wellington e Diego; Leandro Guerreiro, Fahel (Thiaguinho, intervalo), Léo Silva (Renato, intervalo) e Lucio Flavio; Jobson e Reinaldo. Técnico: Estevam Soares.

BATALHA DOS AFLITOS!

Toró, o Motorzinho da Gávea será o sustituto de Maldonado
Foto: Vipcomm


Torcedores do Mais Querido do Brasil!

Hoje, no aniversário do Clube de Regatas do Flamengo que completa 114 anos de glórias, títulos e muita tradição, a equipe comandada pelo técnico Andrade terá mais uma "final" no Campeonato Brasileiro. Com a vitória do São Paulo, ontem, no Morumbi, por 2 a 0 e o tropeço do Palmeiras durante a semana diante do rebaixado Sport, o Rubro-Negro terá a chance de assumir a vice-liderança e ficar novamente a dois pontos do Tricolor Paulista.

O clima de hostilidade é visto claramente por parte dos torcedores do Náutico, na capital pernambucana. Na madrugada deste domingo, alguns membros de uma torcida organizada do Timbu soltaram fogos no intuito de atrapalhar o sono da delegação do Fla. Vale lembrar que os torcedores do Atlético-MG fizeram o mesmo e o placar final foi 3 a 1 para o time da Cidade Maravilhosa. A partida terá início às 17 horas, novo horário divulgado pela CBF durante a semana.

O técnico Andrade tem duas baixas na equipe titular. Maldonado servindo a seleção chilena e Juan suspenso desfalcam a equipe. Ronaldo Angelim foi testado durante a semana para atuar na esquerda, porém teve uma conversa com o treinador que descartou a opção. Com isso, Everton Silva fará a função. No meio-campo, Toró, o Motorzinho da Gávea formará o setor com Airton, Willians e Petkovic. No ataque, Zé Roberto e Adriano estão confirmados. Bruno que torceu o tornozelo no treinamento durante a semana está liberado pelo Departamento Médico.

O Náutico precisa de um milagre para permanecer na primeira divisão em 2010. A lista de saídas e retornos no Náutico é grande. O técnico Geninho não poderá contar com o volante Derley, que voltou a treinar nesta semana, mas segue vetado, com o zagueiro Márcio e com o cabeça-de-área Johnny, suspensos.

Por outro lado, os defensores Cláudio Luiz, Asprilla e Vágner, e o atacante Anderson Lessa estão novamente à disposição. O treinador só não definiu ainda se jogará no 3-5-2 ou no 4-4-2. Se optar pelo primeiro, Anderson Santana vai para o banco. Com a segunda formação, Asprilla deve perder a vaga.

Certo mesmo apenas a entrada de Nilson no meio-campo, ao lado de Ailton e Irênio. O próprio Geninho, aliás, é um reforço para a equipe. Ele foi absolvido pelo STJD na última quinta-feira, quando foi julgado por sua expulsão no confronto com o São Paulo.

O momento nunca esteve tão favorável ao Flamengo na competição. Uma vitória pode colocar o Mengão de vez na árdua briga pelo título. Pensando um pouco mais a frente, a partida diante do Goiás na próxima rodada já está com os ingressos esgotados. É nessa hora que a torcida faz a diferença e nos Aflitos a nação rubro-negra estará presente novamente engolindo os torcedores alvirrubros que durante a semana ameaçaram e esnobaram dos nordestinos que tem amor pelo Flamengo.

No mínimo torcer para um time de ponta é sinal de inteligência coisa que eles desconhecem. Quem é o Náutico? Quantos títulos possuem? Qual a história, qual a tradição? Só serve mesmo para constar no quadro da CBF e completar as 20 equipes que disputam a Série A 2009. O Pentacampeão vai para cima em busca dos três pontos!

Vamos Flamengo, Vamos Ser Campeões!

MERCADO VASCAÍNO!

Rafael Sóbis é um dos nomes em pauta no Vasco
Foto: ClicRBS



Próxima parada: Vasco da Gama. Após o título diante de mais de 50 mil torcedores no Maracanã sobre o América-RN por 2 a 1, o time da Colina já pensa no retorno a elite do futebol nacional. Esta será uma semana importante quanto a permanência do técnico Dorival Júnior e a chegada de reforços para 2010.

O treinador já deixou bem claro o desejo de ficar no Vasco no próximo ano, porém o que é discutido está no que diz respeito ao aumento de salário. Com relação a jogadores irão enriquecer elenco cruzmaltino, o executivo do futebol do Vasco, Rodrigo Caetano, tem uma lista com cerca de 20 nomes para iniciar e concluir algumas negociações.

Os atacantes Rafael Sóbis, do Al Jazira, que está se tratando de um problema no Brasil, e Keirrison, ex-Palmeiras e Coritiba e atualmente no Benfica, são os nomes mais conhecidos do torcedor. ''K-9'' não vive um bom momento e pode ser emprestado aos cariocas.

Por outro lado, o Vasco tem quatro contratações bem encaminhadas. O volante Somália, do América-RN, vai resolver a sua situação nos próximos dias. O jogador já tem tudo acertado com os cariocas, restando apenas a assinatura de um pré-contrato. Além dele, o atacante Lúcio, também do time potiguar, está na lista e bem próximo do acerto.

O Vasco já acertou praticamente com o volante Rafael Carioca, do Spartak de Moscou. O empresário do atleta, Frederico Morais, viajou à Rússia para tentar a liberação do atleta, que pretende voltar ao Brasil no ano que vem. Para o meio-campo, Caíque, do Guarani, também negocia e está bem perto de ser anunciado de forma oficial.

Na lista vascaína de contatos ainda aparecem outros nomes de peso. A diretoria sondou os atacantes Kleber Pereira, do Santos, e Val Baiano, do Barueri. O volante Léo Gago, do Avaí, e o lateral-esquerdo Márcio Careca, também do Barueri, estão nos planos e podem pintar no clube da Colina em 2010.

O caso de Dodô é o mais complicado. O nome do jogador até agrada ao técnico Dorival Júnior. Porém, a diretoria tem um pouco de resistência em tentar contratar o jogador. Chegou a ser feito um contato com o atacante, mas as informações sobre o comportamento do jogador perante aos grupos em que trabalhou não agradaram ao vice-presidente de futebol, José Mandarino.

Certo mesmo é o início das negociações para contar com o técnico Dorival Júnior em 2010. De acordo com Rodrigo Caetano, a batalha do Vasco para a manutenção do treinador vai se iniciar na próxima terça-feira e a expectativa é que o comandante permaneça por mais um ano na Colina e ajude na formação do grupo para 2010.


sábado, 14 de novembro de 2009

JOEL NO AMÉRICA!

Joel Santana pode acertar com o América
Foto: Globoesporte.com / Montagem: Renan Moura


O empate com o Quissamã na última rodada do Campeonato Carioca da Segudna Divisão foi o estopim para a queda do técnico Clóvis de Oliveira sob o comando do América na fase final da competição estadual. Com o resultado, o time alvirrubro caiu para a terceira posição, fora do G-2.

Após uma conversa com o manager do futebol rubro, Romário, o treinador não chegou a ser demitido, mas ambos chegaram a um acordo, optando pela mudança no comando técnico. O auxiliar Lira, ex-lateral de Vasco e Fluminense, assume o cargo interinamente já neste domingo, no Maracanã, contra o Bonsucesso.

A cinco rodadas do fim, o time da Rua Campos Salles é o terceiro colocado, com 26 pontos, três atrás do líder Olaria e um abaixo do Sendas, que vem na segunda colocação, a última que garante acesso à Série A.

Entrentanto quem esperava pelo próprio Romário no comando da equipe nessa reta final está enganado. O Baixinho está articulando para trazer o seu "peixe", Joel Santana. As negociações estão evoluindo e uma resposta deve sair até a próxima terça-feira.

É o América buscando se reerguer no cenário nacional e com um treinador de ponta para 2010.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

FOGÃO CLASSIFICADO NA OPG DE JUNIORES

Equipe busca o ataque na Gávea
Foto: BFR
Torcedores do Glorioso,

Em uma partida de muita raça e dedicação, o Botafogo garantiu a vaga nas semifinais da Taça OPG de juniores, após perder por 4 a 2 para o Flamengo, na Gávea. No jogo de ida, o Glorioso venceu por 5 a 1, no Caio Martins. E se na primeira partida, Alex, autor de três gols foi o herói, dessa vez foi a vez do goleiro Mílton Raphael ser decisivo.

O jogo começou com o Flamengo no ataque, mas quem teve as melhores chances no começo foi o Fogão, com Alex e Júnior. Os dois tiveram boa chance de abrir o placar mas acabaram desperdiçando.

Então, quem marcou foi o Fla, duas vezes, a primeira de pênalti. Em desvantagem no placar, o Glorioso voltou a ser ofensivo até marcar seu gol, que por sinal, foi um golaço. Após uma bola alçada na área, Marquinho Galhardo acertou uma linda bicicleta e diminuiu.

Na segunda etapa, mais uma vez quem marcou primeiro foi o Fla, que chegou a 3 a 1 e no momento crucial do jogo, quando o árbitro assinalou pênalti para o Rubro-negro, brilhou a estrela da Mílton Raphael. Ele defendeu a cobrança e no rebote, fez milagre ao chegar nos pés do batedor e evitar o gol no rebote.

Depois disso, o Flamengo teve dois jogadores expulsos em jogadas muito duras. Com dois a mais, o Botafogo chegou ao segundo gol, com o artilheiro Alex, em cobrança de pênalti. O Fla ainda marcou mais um gol, mas não foi suficiente.

No final da partida, o árbitro que já marcara dois pênaltis duvidosos para o Flamengo, ainda expulsou direto, em faltas sem uso da força e sem que o atacante estivesse na direção do gol, o lateral Wellington Júnior, que fez a jogada do pênalti e Alex, que converteu a cobrança. Eles estão fora da primeira partida das semifinais. Durante a partida, o árbitro teve uma atuação insegura e que prejudicou o Botafogo durante os 90 minutos. Para finalizar, no último minuto, o juiz deu cartão amarelo para Mílton Raphael por retardar o início do jogo. O detalhe é que o goleiro apenas estava retirando uma das duas bolas jogadas no campo pelos gandulas da Gávea.

Fonte: Gabriel Branco / BFR