Campeonato Brasileiro
[23/10 e 24/10] .::. Atlético-PR x Fluminense / Botafogo x Vitória / Vasco x Flamengo .::.

domingo, 29 de março de 2009

UMA CHANCE AO FRÊGUES

Diego e Maicosuel comemoram o gol alvinegro
Foto: Jornal dos Sports
Torcedores do Glorioso,

Quem não está na final, tem mais é que correr atrás do resultado. O jogo de ontem, contra o Fluminense, não fazia a menor diferença para o Botafogo. Se perdesse, como aconteceu, permaneceria em segundo do grupo com totais condições de se classificar e, mesmo que não se classifique, já está na final. Se ganhasse, não ia fazer mais do que sua obragação de vencer adversários mais fracos. Maicosuel, de pênalti, garantiu o gol do fogão, o garoto Alan e o argentino Conca viraram para o tricolor.

O Glorioso começou a partida acuado e recuado. Aquela velha máxima de quem ganha a Taça Guanabara, não repete o feito na Taça Rio, parece estar afetando a cabeça dos jogadores, e de Ney Franco também (que substituições horrorosas!). O tricolor começou jogando para cima, parecia querer construir o resultado nos 45 minutos iniciais, mas aquele que é pago para colocar a bola na rede, Roger, parecia estar sendo pago para jogar de zagueiro no Botafogo, pouco assustou Renan.

Além do péssimo primeiro tempo de ambas as equipes (o Botafogo nem chutou ao gol), o horário do jogo também era horrível, Sabadão, 20h30 min. Isso tudo porque a tal "seleção" joga hoje cheia daqueles jogadores que ganham uma fortuna para nada e o treinador que mais parece um modelo em fim de carreira.

Vamos ao segundo tempo que é o que interessa. A segunda etapa já começou mal nas alterações de Ney Franco: Novamente Gabriel entrou, mas ele sempre tira o Léo Silva e mata as laterais do Botafogo botando Thiaguinho para jogar de volante. Será que o Alessandro é uma espécie de intocável e mesmo que jogue mal cinco partidas seguidas (estou sendo generoso), não pode sair do time? Diego também entrou e saiu Wellington.

Até que o Bota deu uma crescida no jogo e passou a dominar um pouco a partida, mas ainda faltava aquele último passe. O time sentiu sim a falta de Victor Simões. Duas boas notícias: Victor volta na próxima partida e Alessandro, suspenso, não joga. Aos 26 minutos, Maicosuel invadiu a área e foi derrubado, pênalti. O próprio Maicosuel bateu com "paradona" e abriu a conta no Maraca. Fogão 1 a 0.

O ritmo do jogo caiu um pouco e o Botafogo não ligou mais para a partida e isso ficou mais evidente quando Edcarlos foi expulso. Com um a mais, e vencendo a partida, o fogão não acreditou na possibilidade de reação, mas não sabia que o Fluminense sabe virar, e vira como ninguém, em matéria de virada o Flu é rei.

Aos 34 minutos, Alan, que havia acabado de entrar, penetrou na área pelo lado direito e mandou a bomba no canto de Renan. Empate no Maracanã. 1 a 1. O Botafogo atacava sem organização de um lado, do outro, o Flu respondia com um nervosismo evidente e, quando tudo parecia terminar empatado. Falta na entrada da área. Conca cobrou, a bola desviou em Alessandro e matou Renan. 2 a 1 Fluminense e placar final.

Indo no clima do Zorro:

OBS 1: Os flamenguistas foram ontem assistir o time deles jogar no Engenhão, resultado: Quebraram 20 cadeiras, depois não gostam quando são chamados de vândalos, ou no mínimo gostam de sentar diretamente no ferro, assim como os tricolores fizeram no clássico vovô que eles comemoraram o empate como se fosse título. Ou é uma coisa, ou outra.

OBS 2: Esse clássico não valia de nada, quando vale a história é diferente, vide as semifinais da Taça GB 08 e 09 e final da Taça Rio 08.

OBS 3: Não adianta os tricolores ficarem todos felizes por aí exibindo as três cores pelo Rio de Janeiro, porque ganharam do algoz, pra mim, o campeão da Taça Rio tem nome composto: Vasco da Gama.

OBS 4: O Botafogo concluiu sua parceria com o América e vai ceder jogadores ao mecão, além das dependências de Caio Martins e Engenhão, sem risco de ter seu patrimônio danificado pelo vandalismo.


OBS 5: Concordo com todos os "OBS´s" do Zorro, afinal, "o freguês tem sempre razão".

FLUMINENSE 2 X 1 BOTAFOGO

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 28/3/2009 - 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca (RJ)
Auxiliares: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Vinícius da Vitória Nascimento (RJ)
Renda/público: R$ 370.025,50 / 24.216 pagantes
Cartões amarelos: Edcarlos, Jailton (FLU); Léo Silva, Emerson, Juninho, Maicosuel e Thiaguinho (BOT)
Cartões vermelhos: Edcarlos, 30'/2ºT (FLU) e Alessandro, 49'/2ºT (BOT)
GOLS: Maicosuel 26'/2ºT (0-1), Alan 34'/2ºT (1-1) e Conca, 45'/2ºT (2-1)

FLUMINENSE: Fernando Henrique, Mariano, Edcarlos, Luiz Alberto e Leandro; Jaílton, Maurício (Fabinho, 19'/2ºT), Conca e Thiago Neves; Everton Santos (Maicon, 23/2ºT) e Roger (Alan, 23/2ºT) - Técnico: Carlos Alberto Parreira.

BOTAFOGO: Renan, Emerson, Juninho e Wellington (Diego, intervalo); Alessandro, Leandro Guerreiro, Fahel, Léo Silva (Gabriel, intervalo) e Thiaguinho; Maicosuel e Reinaldo. Técnico: Ney Franco.

Um comentário:

fernando saol disse...

esse jogo foi meio sonolento mesmo. Sobre a parceria com o meu America, o Botafogo me surpreendeu. Tomara que dê certo e que o futebol do Ri odescubra uma maneira de se fortalecer.