Campeonato Brasileiro
[23/10 e 24/10] .::. Atlético-PR x Fluminense / Botafogo x Vitória / Vasco x Flamengo .::.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

COM A MÃO NA VAGA

Amigos vascaínos,

Foi sem dúvida uma noite especial em São Januário. Jogando com autoridade e pressionando o adversário durante todo o tempo, o Vasco goleou o Viria por 4x0 e deixou bem encaminhada a vaga para as semifinais da Copa do Brasil. No jogo de volta o Cruzmaltino pode perder por até três gols de diferença qe ainda assim estará classificado. Os gols da goleada foram marcados por Carlos Alberto, Élton, Paulo Sérgio e Nilton, os dois últimos em cobrança de falta.

Com o péssimo horário do jogo, o público chegou em cima da hora e muita gente entrou com o jogo já começado. A escalação estranha do Vitória, com vários jogadores deslocados, dava espaços para o Vasco jogar. Com o passar do tempo, a pressão só aumentava e o Vitória recuava, deixando Neto Baiano isolado no ataque. Na metade do primeiro tempo, o gol do Vasco parecia questão de tempo. E ele não tardou. Nilton soltou bomba lá do meio da rua, Luciano Almeida deu um presente para Carlos Alberto e aí...bola no pé do craque dentro da área é o quê? Golaço! Vascão 1x0! O Vasco seguiu em cima e a vantagem de apenas um gol parecia injusta ao fim do primeiro tempo. Aos 43, Léo Lima desarmou e lançou Pimpão. O camisa 11 ganhou escanteio. Na cobrança, Paulo Sérgio cruzou na área e após bate-rebate a bola sobrou limpa pra Élton, que apenas empurrou pra dentro. Vascão 2x0!

Ótima vantagem e torcida em êxtase na Colina. Parecia que os fantasmas recentes do Vitória estavam indo embora. Brinquei com minha esposa que queria ver um gol de falta. Será que eu seria presenteado?

O Vitória voltou um pouco mais ajustado taticamente, mas quem marcou foi o Vasco. E foi em dose dupla. Aos 10, Pimpão fez fila e foi derrubado na entrada da área. No primeiro tempo, em chance do mesmo local, Carlos Alberto desperdiçou. Dessa vez Paulo Sérgio colocou com categoria no cantinho do péssimo goleiro Viáfara. Segundo gol de falta do Cafu da Colina em 2009. Vascão 3x0!

Meu presente estava dado, mas o melhor estava por vir. Enquanto a torcida ainda vibrava e São Januário tremia, um canhão passou pelo estádio. Luciano Almeida colocou a mão na bola e foi expulso. Na cobrança, Nilton deu um tiro que seria capaz de atravessar o corpo de Viáfara. O colombiano nem se atreveu a defender e a bola estufou o ângulo. GOLAÇO! O primeiro de falta marcado pelo melhor volante do Rio com a camisa do Vasco.

Daí em diante, com um jogador a mais seria normal que o Vasco pressionasse, ainda mais embalado pela torcida que cantava feliz em São Januário. Porém o time diminuiu o ritmo e Dorival aproveitou para sacar o trio de frente, visando o descanso para as partidas por vir. Quem brilhou mesmo foi Fernando Prass. Nosso muro importado de Portugal fez grandes defesas e teve seu nome gritado pela torcida.

Fim de jogo e um grande passo dado rumo às semifinais. No sábado mais um desafio pela Série B e na quarta o jogo de volta. Força Vascão! Faltam 5 jogos para o título inédito da Copa do Brasil!
.
Que noite, galera vascaína! Caldeirão lotado e time e torcida em perfeita sintonia. Goleada sobre um velho carrasco e vaga bem próxima. Mesmo estando na Série B, mostramos que o Vasco tem que ser respeitado sempre, pois tem time, torcida e tradição de primeira.

Grande atuação do time como um todo. De Fernando a Élton, todos deram importante contribuição para a vitória. Uns mais, outros menos, mas todos estão de parabéns.

Nosso goleirão deu show. Já são dois jogos sem sofre gol, mostrando segurança e frieza impressionantes. Aos poucos ele vai mostrando que as notícias que vinham de Portugal não eram falsas e se trata mesmo de um grande goleiro. Ontem esteve firme nas saídas do gol e fez duas defesas fantásticas no segundo tempo.

Paulo Sérgio cresceu muito após a derrota para o Botafogo. É uma arma poderosa em todos os jogos, além de marcar com extrema eficiência. Já Ramon caiu depois da saída de Jéferson e não tem sido tão efetivo. De todo modo garra não falta ao nosso camisa 33.

Na zaga, apesar de reservas, Vilson e Gian vem mostrando firmeza. Se falta categoria, sobra vontade e ontem isso bastou. Os dois anularam o perigoso Neto Baiano.
Amaral, quem diria, merece a cada dia mais elogios. Um leão na marcação, não pára de correr um só instante e vem sendo fundamental no trabalho defensivo. Ainda tem arriscado algumas saídas pro ataque, sem comprometer.

Nilton é um monstro. O melhor volante do Rio e um dos melhores do Brasil é soberano. Domina o meio-campo com força, calma e categoria. O time com ele é outro. Já Léo Lima, merece nota 10 por ontem. Além da já habitual categoria, mostrou garra e foi um dos que mais desarmou. A continuar nessa pegada, será difícil tirá-lo do time.
Carlos Alberto é craque. Quando pega na bola, os marcadores se desesperam e colecionam cartões. Ontem marcou um gol de categoria e só saiu pra se poupar.
Pimpão e Élton não foram bem. O segundo até marcou um gol, mas esteve disperso e colecionou impedimentos, enquanto o primeiro abusou das firulas. Faioli e Kardec jogaram pouco.
O Vasco atuou com: Fernando Prass, Paulo Sérgio, Vilson, Titi e Ramon; Amaral, Nilton, Léo Lima, Carlos Alberto (Alex Teixeira); Pimpão (Faioli) e Élton (Kardec).
.
Rapidinhas
* Saiu a certidão negativa de débitos. Agora o Vasco está livre para asinar e receber da Eletrobrás.
* O Vasco pode ceder Morais ao Werder Bremem para ter Carlos Alberto em definitivo. Tomara!
* Vem aí a VASCOTUR. Em breve devem sair mais novidades.
.
Sds vascaínas a todos!

Um comentário:

Thiago Madureira disse...

O Vasco realmente deu um longo passo para a semifinal.
Dorival conseguiu montarum bom time.
abraços...