Campeonato Brasileiro
[23/10 e 24/10] .::. Atlético-PR x Fluminense / Botafogo x Vitória / Vasco x Flamengo .::.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

EXTERMINADOR

Amigos vascaínos,

Jogando fora de casa, em um Castelão lotado, o Vasco bateu o Ceará por 2x0 e obteve sua segunda vitória consecutiva na SÉRIE B. O time divide a liderança com outras quatro equipes, tendo desvantagem nos critérios de desempate. Os gols da vitória foram marcados por Ramon e Léo Lima, ambos no segundo tempo.
.
O jogo começou truncado e com poucas chances de gol. O péssimo gramado dificultava lances de habilidade e até mesmo trocar passes era difícil. Aos 10 minutos o Vasco teve uma grande oportunidade. Em rápido contra-ataque, Élton lançou Paulo Sérgio na esquerda, o camisa 2 cortou o goleiro, mas chutou por cima do gol. Minutos depois, Enrico fez boa jogada individual e chutou por cima, assustando o time cearense.
.
O início do jogo deu uma falsa impressão de domínio vascaíno. Após os 30 minutos, o Ceará passou a chegar com muito perigo. Na maioria das vezes nossa zaga cortava, especialmente com Vilson, em grande atuação. Na chance mais perigosa, a bola sobrou limpa para Wellington Amorim, que tentou tirar de Fernando e carimbou a trave. O fim do primeiro tempo trouxe alívio a torcida vascaína.
.
Apesar do relativo domínio cearense, os 45 minutos iniciais mostraram que o caminho eram as laterais. Boiadeiro e Fábio Vidal são muito limitados. Improvisado no ataque, Magno teve estréia apagada e foi sacado no intervalo para entrada de Edgar. Ao meu ver, o melhor era sacar Enrico, que mais uma vez decepcionou e jogar Magno para o meio-campo.
.
Os primeiros minutos da segunda etapa foram de pressão do Ceará, porém quem marcou foi o Vasco. Fernando Prass deu chutão pra frente e o zagueiro afastou para lateral. Na continuação da jogada, Fábio Vidal foi tentar fazer gracinha e a bola ficou com o Vasco. Ramon avançou pelo meio e soltou a bomba. A bola bateu na trave e entrou. Golaço! O primeiro do lateral com nossa camisa. E não foi por falta de merecimento de um dos melhores jogadores do Vasco na temporada.
.
O Ceará não se deu por vencido e seguiu pressionando. Porém esbarrava em uma muralha no gol vascaíno. Fernando Prass travava qualquer tentativa cearense de marcar. Grande atuação do nosso camisa 1. Já são três jogos sem sofrer gols.Percebendo a má atuação do time, Dorival sacou de uma só vez, Nilton e Enrico, colocando os jovens Mateus e Gallo. Os dois ajudaram o Vasco a manter mais a posse de bola. Aos 37, após receber bom lançamento, Ramon avançou pela esquerda e chutou rasteiro. A bola tocou no goleiro Marcelo Bonan e sobrou limpa para Léo Lima marcar seu primeiro golo com bola rolando na temporada. Vascão 2x0!
.
Com a vantagem de dois gols e faltando menos de dez minutos, bastou ao Vasco tocar a bola e fazer o tempo passar. O Ceará ainda tentou em chutes de longe, mas a muralha Fernando Prass não deixou nada passar. Fim de jogo e mais uma vitória vascaína na Série B. E mais uma sobre times do Nordeste. Esse ano já batemos Flamengo-PI, Central-PE, Icasa, Santa Cruz, Vitória e Ceará.
.
O Vascão ‘Exterminador de times nordestinos’ parte agora para Salvador, visando o jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. No sábado, enfrentamos em casa o Atlético-GO, que também tem seis pontos no Brasileiro.
.
O Vasco atuou com: Fernando Prass, Paulo Sérgio, Vilson, Gian e Ramon; Amaral, Nilton (Gallo), Léo Lima e Enrico (Mateus); Magno (Edgar) e Elton.
.
Dois jogadores foram fundamentais na conquista dos três pontos. Embaixo das traves Fernando Prass esteve impecável, com tranquilidade, elasticidade e bom posicionamento. Quando não conseguiu defender, foi salvo pela trave. Ainda é cedo para fazer maiores análises, mas em alguns momentos do jogo nosso goleirão passa a impressão de que é intransponível.
.
O outro nome foi Ramon. Pegando um lateral fraco do outro lado, deitou os cabelos. Marcou um golaço e participou diretamente do segundo. Pra quem andava em uma fase mediana, nada como uma atuação dessas para recuperar a moral.
.
Outro destaque foi Vilson. Aquele que ano passado foi tão criticado, vem melhorando jogo após jogo e sábado anulou qualquer tentativa de ataque por seu lado.
Nota ruim do jogo foi a apatia do ataque. Sem Pimpão ou seu substituto imediato Alex Teixeira, jogamos o segundo tempo inteiro com dois centroavantes brigando com a bola. Em breve isso pode ser amenizado com a estréia de Robinho. Vale lembrar também que Aloísio já deve estrear no sábado.
.
Sds vascaínas a todos!

Um comentário: