Campeonato Brasileiro
[23/10 e 24/10] .::. Atlético-PR x Fluminense / Botafogo x Vitória / Vasco x Flamengo .::.

domingo, 31 de maio de 2009

QUANTO VALE?

Pet no tricampeonato estadual em 2001
Foto: Arquivo de Internet

Torcedores do Mais Querido do Brasil,

O colunista do jornal 'O Globo', Renato Maurício Prado, revelou neste domingo os detalhes do acordo entre o Flamengo e Petkovic. Conforme o jornalista publicou, o clube rubro-negro vai pagar R$ 10 milhões ao jogador sérvio, mas de forma parcelada. Em 30 de agosto, o meia receberá R$ 600 mil (corrigidos à base de 1% ao mês, a partir de maio de 2009). Ele receberá o restante em 47 parcelas no valor de R$ 200 mil, contando todas com o mesmo fator de correção.

Isso sem contar o salário de Pet, que vai receber R$ 70 mil por mês - o valor pode chegar a R$ 160 mil por conta de premiações por desempenho. Ao contrário do que chegou a ser divulgado, o salário do sérvio não será contabilizado diretamente para abater a dívida.

Entenda o acordo

O acordo foi costurado por Delair Dumbrosck, presidente interino do Flamengo desde o início de fevereiro até o dia 21 de maio, quando Márcio Braga interrompeu sua licença por motivos de saúde para reassumir o cargo. Braga retornou justamente para apagar o incêndio provocado no departamento de futebol por causa da negociação. De acordo com Dumbrosck, era preciso negociar com Petkovic, pois as sucessivas penhoras conseguidas pelo jogador estavam deixando o clube sem condições financeiras.

No entanto, o Flamengo terá mais despesas, pois vai liberar R$ 1,4 milhão ao atleta, valor que estava penhorado pela Justiça. Além disso, o clube vai pagar R$ 1,5 milhão a título de honorários do advogado de Petkovic e de custos do processo.

Somando todas as despesas, sem correção, o Fla gastará o total de R$ 12,9 milhões. Parece muito, mas conforme o cálculo do contador judicial que estimou o valor da dívida rubro-negra, o montante seria um pouco maior que R$ 17 milhões - sem contar as despesas do processo e com advogado. Portanto, com o acordo, o clube economizará diretamente R$ 4 milhões, além de poder saldar a dívida de forma parcelada e, principalmente, evitar as penhoras que estariam sufocando financeiramente a administração.

Porém, se os números elevados da dívida com o jogador assustam, o Flamengo terá de tomar cuidado redobrado para não se complicar ainda mais no futuro.

Segundo o item 9 do pacto firmado com Petkovic, se uma parcela não for quitada até o prazo máximo de 90 dias, o meia poderá voltar à Justiça cobrando o saldo restante com correção monetária, juros legais e mais multa de 30% - sendo que o valor a ser considerado voltaria a ser o de R$ 17 milhões estipulados pelo contador judicial.

Petkovic, de 36 anos, será apresentado oficialmente nesta segunda-feira, na Gávea. Ele atuou pelo Flamengo por apenas três anos, de 2000 a 2002, e ficou marcado por fazer o gol do quarto tricampeonato carioca do clube, em 2001, sobre o Vasco. O meia foi contratado na gestão do presidente Edmundo Santos Silva, que assumiu em 1999 e deixou o clube em 2002, após ser acusado de fraude contábil e desvio de dinheiro e sofrer um impeachment. A dívida com o atleta, portanto, data desta época.

Veja, abaixo, os principais trechos do acordo entre Flamengo e Petkovic.

2 - Pelo presente acordo o FLAMENGO pagará ao atleta o valor de R$ 10 milhões, na seguinte forma: a) R$ 600 mil, em 30 de agosto de 2009, que deverão ser corrigidos à base de 1% ao mês a contar de 18 de maio de 2009. b) Quarenta e sete parcelas mensais e sucessivas de R$ 200 mil, sendo o vencimento da primeira no dia 26 de fevereiro de 2010 e as demais no mesmo dia dos 46 meses subsequentes.

3 - As parcelas de R$ 200 mil sofrerão reajuste de 12% ao ano, observando-se a data de 18 de maio 2009 como base para a referida correção. Portanto, a parcela de 26 de maio de 2010 já sofrerá correção.

9 - Na hipótese de o Flamengo não efetuar o pagamento integral de qualquer parcela do presente acordo até o prazo máximo de 90 dias da data do vencimento, considerar-se-ão automaticamente vencidas todas as parcelas restantes, ficando o ATLETA e o seu advogado autorizados a prosseguirem com a execução do saldo da presente execução, com correção monetária, juros legais e multa de 30% sobre a quantia apurada após a dedução dos valores eventualmente pagos pelo Flamengo no presente acordo sobre o crédito corrigido do ATLETA no valor de R$ 17.121.805,02 milhões calculados as fls.710 pelo 1º contador judicial.

Fonte: O Globo e Globoesporte.com

Um comentário:

Sobre o Futebol Carioca disse...

o fla deve 10 milhoes a ele, pqp .