Campeonato Brasileiro
[23/10 e 24/10] .::. Atlético-PR x Fluminense / Botafogo x Vitória / Vasco x Flamengo .::.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

DÁ-LHE MENGO!

Zé Roberto comemora gol em sua estreia
Foto: Globoesporte.com

Torcedores do Mais Querido do Brasil!

O Flamengo manteve os 100% de aproveitamento na Taça Guanabara na vitória por 4 a 1 diante do Mesquita. O estreante Zé Roberto abriu o placar e marcou seu primeiro gol com a camisa rubro-negra. Everton, Jonatas e o goleiro Bruno em cobrança magnífica de falta ampliaram. Leandro Netto descontou para o time alvinegro.

Diferente das outras partidas e com o pé no acelerador, o Mengão foi em busca de um resultado menos sofrível, abrindo o placar logo aos seis minutos. Willians recuperou a posse de bola e partiu para o contra-ataque. O volante invadiu a área e chutou cruzado. Zé Roberto, que estreava com a camisa rubro-negra, escorou antes do zagueiro e abriu o marcador. Fla 1 a 0.

Mas a torcida não pôde nem comemorar o gol, pois o Mesquita empatou logo após em falha de marcação depois da cobrança de escanteio. Bruno saiu mal e Leandro Netto aproveitou colocando no fundo da rede. 1 a 1.

O Flamengo pressionava em busca do segundo gol, mas não conseguia concluir de forma correta, deixando a torcida impaciente nas arquibancadas do Maracanã.

Bem postado em campo, o time do Mesquita dificultava as ações do Fla. Então, no intervalo, Cuca sacou o lateral Egídio que não esteve muito bem no primeiro tempo e colocou a campo o jovem Everton. O time da Gávea foi com tudo pra cima do adversário. Com menos de dez minutos, Fábio Luciano muito acionado nas jogadas aéreas na grande área teve duas ótimas oportunidades, mas não desempatou. Aos 13 minutos não teve jeito. A pressão se converteu em gol. Léo Moura em jogada individual mandou a bola para a área e Everton empurrou para o fundo do gol. 2 a 1.

A dificuldade maior do Flamengo estava nas jogadas pelos flancos do campo, já que os laterais estavam sendo bem marcados. Mas com a entrada de Jonatas no meio-campo do Flamengo, o jogador deu um toque a mais ao setor que estava apagado, diminuindo as únicas investidas pelos lados. E foi ele o autor do terceiro gol. Uma pintura! Uma pancada após Obina ajeitar de peito para o camisa 5 encher o pé e estufar a rede. 3 a 1.

O que estava bom ficou melhor. Se Obina não consegue marcar seu primeiro gol na temporada, Bruno já anotou o seu. Em linda cobrança de falta, que lembrou o Rei Zico, o goleiro colocou a bola onde a coruja dorme e deixou em êxtase a torcida rubro-negra.

Ibson, que esteve em noite pouco produtiva não estava com sorte. Teve duas excelentes chances de marcar o seu, mas a pontaria estava torta.

Não dá para se iludir com essa vitória, mas o que vale são os três pontos que ajudam e muito ao objetivo maior que é a classificação para a semifinal da Taça Guanabara. Se os titulares não estão conseguindo resolver o jogo, o banco do Flamengo mostrou-se de qualidade e que sabe dar conta do recado. Cuca deve pelo menos armar o time um pouco mais ofensivo, que é a cara do Mengão. Esquema com três zagueiros não é o ideal para o elenco que o Flamengo dispõe. A gama de jogadores para o meio-campo possibilita armar um bom time, que brigue pelos títulos da temporada.

O próximo confronto do Flamengo será sábado, contra o Macaé, em Volta Redonda.

FICHA TÉCNICA:
FLAMENGO 4 X 1 MESQUITA


Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 4/2/2009 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Antonio Frederico de Carvalho Schneider (RJ)
Auxiliares: Michael Correia (RJ) e Marçal Rodrigues Mendes (RJ).
Renda/público: R$ 254.751,00 / 18.494 pagantes
Cartões amarelos: Aírton, Ibson, Zé Roberto, Fábio Luciano (FLA); Alemão, Cleiton, Leandro Netto, Yves, Alonso, Haroldo, Nill (MES)

FLAMENGO: Bruno (8.0); Aírton (6.0), Fábio Luciano (6.0) e Ronaldo Angelim (6.0); Leonardo Moura (7.0), Willians (7.0), Ibson (5.5), Marcelinho Paraíba (5.0) (Jônatas - 8.0) e Egídio (5.5) (Everton - 6.5); Zé Roberto (6.5) (Maxi - 5.5) e Obina (6.0). Técnico: Cuca (7.0).

MESQUITA: Alonso, Maricá, Vinícius, Vanderson (Argeu) e Nill; Alemão, Haroldo, Fabrício e Yves; Cleiton (Bruno Carvalho) e Leandro Netto (Gleisson). Técnico: Rubens Filho.


VIDEOBLOG - GOLS DO FLAMENGO

2 comentários:

Rodrigo disse...

É Renan, o flamengo vem melhorando rodada a rodada, e acho que com a entrada do Zé Roberto, vai dar aquele toque de qualidade ofensiva que o meio-campo rubro-negro precisava. Mas ele tem que jogar no meio. Nada de inventar de colocá-lo no ataque. E por falar em ataque, tá na hora do Obina amargar um banquinho. Não acha que o Cuca deveria dar oportunidade ao Vandinho??? Já tá na hora dele, que se reapresentou fora de forma, ter uma chance no ataque. Ataque tem que ser formado por dois jogadores e não um isolado.

P.S.: Deixo aqui meu protesto pois nas duas últimas rodadas não houve posts do FLU.

abração...

Leandrus disse...

Eu pelo menos gostei do Flamengo nesse jogo. Inclusive, acho que o time que Cuca deve entrosar é esse mesmo que entrou em campo: Obina não ficou tão isolado pq o Zé Roberto (que estreiou bem) ficou mais próximo dele, Marcelinho estava jogando mais no meio, como prefere, e ainda há a grata surpresa que é o Willians, que tá marcando muito e ainda aparece bem no ataque (pelo menos uma contratação boa do Fla).

E seria bom que Bruno treinasse e batesse mais faltas. O Fla não encontrou o cobrador ideal depois da saída do Renato e ele até que não foi mal nas poucas oportunidades que teve.

Ateh!